Porto Alegre, terça-feira, 11 de maio de 2021.
Porto Alegre,
terça-feira, 11 de maio de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Índia

- Publicada em 20h03min, 11/05/2021. Atualizada em 20h07min, 11/05/2021.

Índia relata aumento de infecções por fungo em pacientes com Covid-19

Diante dos relatos, o governo indiano instruiu os médicos a procurarem sinais de mucormicose

Diante dos relatos, o governo indiano instruiu os médicos a procurarem sinais de mucormicose


PRAKASH SINGH/AFP/JC
Hospitais na Índia relataram aumento no número de infecções por fungos encontrados em pacientes com Covid-19. Diante dos relatos, o governo indiano instruiu os médicos a procurarem sinais de mucormicose, uma infecção causada por fungo, em pessoas com coronavírus, apontou a Sky News.
Hospitais na Índia relataram aumento no número de infecções por fungos encontrados em pacientes com Covid-19. Diante dos relatos, o governo indiano instruiu os médicos a procurarem sinais de mucormicose, uma infecção causada por fungo, em pessoas com coronavírus, apontou a Sky News.
De acordo com informações, a doença pode causar escurecimento ou descoloração do nariz, visão turva ou dupla, dor no peito, dificuldades respiratórias e tosse com sangue. A infecção está fortemente relacionada ao diabetes e pode ser estimulada pelos esteroides usados para tratar pacientes graves com Covid-19.
David Denning, professor da Universidade de Manchester, especialista em infecções fúngicas, disse à Reuters que houve casos relatados em vários outros países, incluindo Reino Unido, Estados Unidos, França, Áustria, Brasil e México. No entanto, segundo ele, "o volume de infecções é muito maior na Índia".
O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, ainda anunciou nesta terça-feira (11), que não vai viajar à Grã-Bretanha para a cúpula do G7 no mês que vem por causa da situação do coronavírus no país, informou a Reuters.
"Embora aprecie o convite ao primeiro-ministro feito pelo primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, para participar da Cúpula do G7 como um convidado especial, dada a situação prevalecente da Covid, foi decidido que o primeiro-ministro não comparecerá à Cúpula do G7 pessoalmente", afirmou o gabinete de Modi em comunicado.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário