Porto Alegre, domingo, 25 de abril de 2021.
Dia do Contabilista.
Porto Alegre,
domingo, 25 de abril de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Relações Internacionais

- Publicada em 22h03min, 25/04/2021.

Presidente do México e Kamala Harris marcam reunião sobre imigração para maio

Obrador deve abordar o projeto 'Planting Life', que visa pagar agricultores para plantarem 1 bilhão de árvores frutíferas e madeireiras no país

Obrador deve abordar o projeto 'Planting Life', que visa pagar agricultores para plantarem 1 bilhão de árvores frutíferas e madeireiras no país


PEDRO PARDO/AFP/JC
O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, deve conversar com a vice-presidente dos Estados Unidos, Kamala Harris, sobre imigração em uma videoconferência marcada para o dia 7 de maio. A discussão ocorre em meio a um aumento no número de imigrantes menores de idade na fronteira sul dos EUA.
O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, deve conversar com a vice-presidente dos Estados Unidos, Kamala Harris, sobre imigração em uma videoconferência marcada para o dia 7 de maio. A discussão ocorre em meio a um aumento no número de imigrantes menores de idade na fronteira sul dos EUA.
De acordo com um diplomata do México, o principal assunto do encontro deve ser o programa "Planting Life", que visa pagar os agricultores para plantarem 1 bilhão de árvores frutíferas e madeireiras no país. Isso porque López Obrador vem tentando que os EUA ajudem a financiar a expansão desse projeto na América Central, para Honduras e Guatemala, como forma de conter a migração de pessoas. Segundo o presidente mexicano, o programa pode ajudar a evitar que agricultores deixem suas terras a caminho dos Estados Unidos.
O secretário de Relações Exteriores mexicano, Marcelo Ebrard, publicou em sua conta do Twitter que outro tema a ser tratado na conferência é a cooperação na pandemia, na expectativa de que os EUA enviem mais vacinas contra o coronavírus ao país vizinho.
Já o escritório da norte-americana afirmou em comunicado que a reunião se concentrará nos "objetivos comuns de prosperidade, boa governança e abordagem das raízes da migração".
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário