Porto Alegre, terça-feira, 16 de fevereiro de 2021.
Dia do Repórter.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 16 de fevereiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Estados Unidos

- Publicada em 15h31min, 16/02/2021.

Inverno rigoroso nos EUA causa tornado na Carolina do Norte e deixa milhões sem luz no Texas

Condições do Ártico levaram a níveis recorde de temperaturas baixas em vários estados pouco acostumados, como o Texas

Condições do Ártico levaram a níveis recorde de temperaturas baixas em vários estados pouco acostumados, como o Texas


Montinique Monroe/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP/JC
Pelo menos três pessoas morreram após a passagem de um tornado numa cidade litorânea da Carolina do Norte, uma das muitas consequências violentas e mortais de um rigoroso inverno que afeta os EUA. Já no Texas, estado mais acostumado a ondas de calor recordes, mais de 4 milhões de pessoas continuavam sem luz elétrica nesta terça-feira (16) em meio a temperaturas congelantes. Mortes também foram registradas.
Pelo menos três pessoas morreram após a passagem de um tornado numa cidade litorânea da Carolina do Norte, uma das muitas consequências violentas e mortais de um rigoroso inverno que afeta os EUA. Já no Texas, estado mais acostumado a ondas de calor recordes, mais de 4 milhões de pessoas continuavam sem luz elétrica nesta terça-feira (16) em meio a temperaturas congelantes. Mortes também foram registradas.
As condições do Ártico levaram a níveis recorde de temperaturas baixas em vários estados pouco acostumados - e mal preparados - para um frio tão extremo. Autoridades de muitos estados norte-americanos também alertam sobre as perigosas condições de viagem.
A tempestade de inverno que imobilizou as planícies do sul no Texas está se movendo agora para as regiões dos Grandes Lagos e da Nova Inglaterra, onde são esperadas fortes nevascas e chuvas nas próximas horas, segundo o Serviço Nacional de Meteorologia dos EUA.
No domingo, o presidente Joe Biden assinou uma declaração de emergência para o Texas, fornecendo assistência federal para complementar a ajuda estatal.
Comentários CORRIGIR TEXTO