Porto Alegre, sexta-feira, 08 de janeiro de 2021.
Dia Nacional do Fotógrafo.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 08 de janeiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Estados Unidos

- Publicada em 15h37min, 08/01/2021.

Pelosi consultou militares sobre precauções para conter 'presidente instável'

Congressista ainda espera que Mike Pence acione dispositivo constitucional para depor o presidente

Congressista ainda espera que Mike Pence acione dispositivo constitucional para depor o presidente


Samuel Corum/Getty Images/AFP/JC
Em carta endereçada a congressistas democratas, a presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, informou que conversou com autoridades militares para discutir precauções a fim de evitar que um "presidente instável inicie hostilidades militares ou acesse códigos para ordenar um ataque nuclear".
Em carta endereçada a congressistas democratas, a presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, informou que conversou com autoridades militares para discutir precauções a fim de evitar que um "presidente instável inicie hostilidades militares ou acesse códigos para ordenar um ataque nuclear".
A deputada da Califórnia voltou a criticar a postura do presidente norte-americano, Donald Trump, ao incitar protestos contra a certificação da vitória de Joe Biden nas eleições presidenciais, que terminaram em violência e na invasão da sede do legislativo na última quarta-feira (6).
"A situação desse presidente desequilibrado não poderia ser mais perigosa e precisamos fazer tudo o que está a nosso alcance para proteger o povo americano de sua agressão a nosso país e a nossa democracia", ressaltou Pelosi.
Na carta, a congressista comenta que ainda não ouviu uma posição do vice-presidente, Mike Pence, sobre a possibilidade de que ele invoque a Emenda 25 da Constituição para, com o apoio do gabinete atual, afastar o presidente Donald Trump da Casa Branca.
Pelosi disse que ainda espera ouvir alguma posição de Pence sobre o assunto. Segundo ela, o vice e a maioria do gabinete "devem honrar o duramente à Constituição e ao povo americano" e afastar Trump.
Caso Pence não avance com a questão, Pelosi garantiu que o Congresso seguirá adiante com um processo de impeachment contra Trump por sua postura nesta semana. Em princípio, o atual presidente deixa o posto no dia 20, na posse de Biden - Trump disse nesta sexta que não pretende comparecer ao evento.
Comentários CORRIGIR TEXTO