Porto Alegre, segunda-feira, 23 de novembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 23 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Estados Unidos

- Publicada em 17h05min, 23/11/2020.

Janet Yellen surge como favorita para secretária do Tesouro de Biden

Janet Yellen é ex-presidente do Federal Reserve, o banco central norte-americano

Janet Yellen é ex-presidente do Federal Reserve, o banco central norte-americano


WIN MCNAMEE/AFP/JC
Ex-presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Janet Yellen ganhou força nos últimos dias e se tornou favorita para o cargo de secretária do Tesouro no governo de Joe Biden, de acordo com a imprensa norte-americana. Ela seria a primeira mulher a assumir a função.
Ex-presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Janet Yellen ganhou força nos últimos dias e se tornou favorita para o cargo de secretária do Tesouro no governo de Joe Biden, de acordo com a imprensa norte-americana. Ela seria a primeira mulher a assumir a função.
Segundo reportagem da Fox Bussiness, fontes ligadas ao presidente eleito descrevem Janet como a escolha mais provável, em uma lista que inclui também o ex-vice-presidente do Fed Roger Ferguson, o líder da distrital de Atlanta da autoridade monetária, Raphael Bostic, e a diretora da instituição Lael Brainard.
A Bloomberg, no entanto, noticiou que aliados de Biden teriam pedido para que Brainard permanecesse no BC norte-americano. Isso porque ela é a única diretora atual do Fed nomeada por um democrata.
Comentários CORRIGIR TEXTO