Porto Alegre, quarta-feira, 28 de outubro de 2020.
Dia do Funcionário Público. Dia de São Judas Tadeu.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 28 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Estados Unidos

- Publicada em 10h46min, 28/10/2020. Atualizada em 15h48min, 28/10/2020.

Eleições EUA: Biden tem 17 pontos de vantagem sobre Trump no Wisconsin, aponta pesquisa

Segundo levantamento, Biden tem 57% da preferência dos entrevistados, ante 40% de Trump

Segundo levantamento, Biden tem 57% da preferência dos entrevistados, ante 40% de Trump


JIM WATSON e Olivier DOULIERY/AFP/JC
O candidato democrata à presidência dos Estados Unidos, Joe Biden, abriu vantagem de 17 pontos percentuais sobre o atual presidente, Donald Trump, no Wisconsin, de acordo com pesquisa de intenção de voto conduzida pela ABC News, em parceria com o Washington Post. Segundo o levantamento, o ex-vice-presidente tem 57% da preferência dos entrevistados, ante 40% do republicano.
O candidato democrata à presidência dos Estados Unidos, Joe Biden, abriu vantagem de 17 pontos percentuais sobre o atual presidente, Donald Trump, no Wisconsin, de acordo com pesquisa de intenção de voto conduzida pela ABC News, em parceria com o Washington Post. Segundo o levantamento, o ex-vice-presidente tem 57% da preferência dos entrevistados, ante 40% do republicano.
No Michigan, uma outra sondagem mostra uma corrida um pouco mais apertada, com Biden escolhido por 51% dos eleitores e Trump por 44% - diferença de sete pontos percentuais. Em 2016, Trump obteve quase 3 milhões de votos a menos que a oponente democrata, Hillary Clinton, em todo o país, mas foi eleito à Casa Branca porque a derrotou no Michigan, no Wisconsin e na Pensilvânia e, com isso, conquistou os 270 delegados necessários.
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO