Porto Alegre, terça-feira, 13 de outubro de 2020.
Dia do fisioterapeuta e do terapeuta ocupacional.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 13 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Itália

- Publicada em 20h40min, 13/10/2020.

Itália endurece restrições para conter alta da Covid-19

Uso de máscaras, obrigatório ao ar livre e em prédios públicos, agora é recomendado em reuniões familiares

Uso de máscaras, obrigatório ao ar livre e em prédios públicos, agora é recomendado em reuniões familiares


VINCENZO PINTO/AFP/JC
O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, impôs, nesta terça-feira (13), novas restrições a reuniões, restaurantes, esportes e atividades escolares em uma tentativa de desacelerar o crescente aumento de infecções pelo novo coronavírus. Recentemente, o país prorrogou o estado de emergência até janeiro.
O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, impôs, nesta terça-feira (13), novas restrições a reuniões, restaurantes, esportes e atividades escolares em uma tentativa de desacelerar o crescente aumento de infecções pelo novo coronavírus. Recentemente, o país prorrogou o estado de emergência até janeiro.
O decreto do governo, publicado após vários dias com versões do texto e especulações de ministros sobre as medidas a serem adotadas, entrará em vigor em 24 horas e terá duração de 30 dias. Pelo texto, estão proibidas festas em restaurantes, boates ou a céu aberto e é recomendado enfaticamente que as pessoas não façam festas em suas casas ou recebam mais de seis convidados por vez. Casamentos e outras cerimônias não podem ter a presença de mais de 30 pessoas.
O decreto aconselha firmemente o uso de máscaras, que já é obrigatório ao ar livre e em prédios públicos, dentro de casa quando membros de fora da família estiverem presentes. Restaurantes e bares podem ficar abertos até meia-noite para serviço de mesa, mas não podem servir pessoas de pé, dentro ou fora do estabelecimento, depois das 21h. A medida visa inibir as grandes aglomerações do lado de fora de bares, apontadas como uma das responsáveis pela alta recente no número de infecções.
O número diário de novos casos de coronavírus na Itália dobrou na semana passada, chegando a 5 mil na sexta-feira (9) pela primeira vez desde março e se aproximou de 6 mil no sábado (10). Nos últimos dois dias, os números caíram drasticamente, mas normalmente sobem na segunda metade da semana.
Já o número de mortes causadas pela Covid-19 é bem menor do que o pico superior a 900 por dia registrado no final de março, mas os óbitos também têm aumentado, com 39 sendo registrados na segunda-feira (12). Segundo dados compilados pela universidade Johns Hopkins, a Itália tem 365.467 casos confirmados e 36.246 óbitos. Os 30 mil mortos foram superados em maio.
Pelo decreto, esportes de contatos praticados por amadores, como futebol, estão proibidos, a não ser que sejam organizados por entidades reconhecidas que tenham concordado com os protocolos para a Covid-19 estabelecidos pelas federações nacionais. As escolas permanecerão abertas, mas atividades fora da sala de aula serão restritas.
Comentários CORRIGIR TEXTO