Porto Alegre, sábado, 10 de outubro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 10 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

estados unidos

- Publicada em 17h36min, 10/10/2020.

Trump participa de primeiro evento público após ter diagnóstico de Covid-19

Presidente também disse que uma vacina contra o coronavírus estaria pronta 'muito, muito em breve'

Presidente também disse que uma vacina contra o coronavírus estaria pronta 'muito, muito em breve'


Samuel Corum/Getty Images/AFP/JC
O presidente dos EUA, Donald Trump, participou na tarde deste sábado (10) de um evento público, o primeiro desde que testou positivo para Covid-19. Ele discursou de uma sacada da residência oficial da presidência norte-americana, para apoiadores reunidos no gramado da Casa Branca, em um "protesto pacífico pela lei e pela ordem", conforme descrito na agenda oficial do presidente.
O presidente dos EUA, Donald Trump, participou na tarde deste sábado (10) de um evento público, o primeiro desde que testou positivo para Covid-19. Ele discursou de uma sacada da residência oficial da presidência norte-americana, para apoiadores reunidos no gramado da Casa Branca, em um "protesto pacífico pela lei e pela ordem", conforme descrito na agenda oficial do presidente.
Em seu discurso, Trump afirmou aos manifestantes que estava "se sentindo ótimo". Ele também disse que uma vacina contra o coronavírus estaria pronta "muito, muito em breve".
No evento, parcialmente organizado por uma fundação chamada "Blexit", que visa estimular que eleitores negros e latinos apoiem o Partido Republicano, o presidente dos EUA disse que fez mais pela comunidade negra do que qualquer presidente desde Abraham Lincoln. E também aproveitou para criticar seu oponente na disputa presidencial, Joe Biden, descrevendo o programa de governo Democrata como "mais que socialista, comunista".
Faz menos de 10 dias que Trump anunciou que tinha testado positivo para o novo coronavírus e chegou a ficar internado por três dias para tratar a infecção. Nesta sexta-feira (9), Trump afirmou que foi testado novamente para covid-19 e estava aguardando o resultado. Ele disse estar totalmente recuperado e que não tomava mais qualquer remédio contra a doença. "Eu me sinto com a saúde perfeita", garantiu, informando ainda que não estava tão bem de saúde antes de contrair a doença.
Os médicos de Trump o liberaram para realizar eventos públicos, 24 dias antes de ele enfrentar o rival democrata Joe Biden nas urnas, em eleição marcada para 3 de novembro. Trump planeja participar de um "grande comício" na Flórida nesta segunda-feira.
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO