Porto Alegre, segunda-feira, 05 de outubro de 2020.
Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa. Feriado nos estados do Amapá, Roraima e Tocantins.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 05 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

coronavírus

- Publicada em 15h06min, 05/10/2020. Atualizada em 15h09min, 05/10/2020.

Cerca de 10% da população global já contraiu novo coronavírus, diz OMS

Na semana passada, o mundo registrou 1 milhão de mortes por Covid-19

Na semana passada, o mundo registrou 1 milhão de mortes por Covid-19


LUIZA PRADO/JC
Cerca de 10% da população global contraiu o novo coronavírus desde o início da pandemia, afirmou nesta segunda-feira (5) Michael Ryan, diretor-executivo da Organização Mundial da Saúde (OMS). O número, citado a partir das "melhores estimativas atuais", segundo Ryan, corresponderia a 780 milhões de infecções, mais de 20 vezes os 35 milhões de casos registrados, segundo a Universidade Johns Hopkins (EUA).
Cerca de 10% da população global contraiu o novo coronavírus desde o início da pandemia, afirmou nesta segunda-feira (5) Michael Ryan, diretor-executivo da Organização Mundial da Saúde (OMS). O número, citado a partir das "melhores estimativas atuais", segundo Ryan, corresponderia a 780 milhões de infecções, mais de 20 vezes os 35 milhões de casos registrados, segundo a Universidade Johns Hopkins (EUA).
"Isso varia conforme o país, varia do urbano ao rural, varia conforme os grupos", afirmou o diretor em reunião do Conselho Executivo da entidade.
Uma compilação de estudos disponíveis na Europa até 30 de junho (antes que a segunda onda de contágio começasse), feita pela ECDC (agência de controle de doenças transmissíveis), mostrava resultados que variavam de 1% da população, na Finlândia, a 42% em Ischgl, vilarejo austríaco que viveu um dos primeiros surtos da doença no continente.
"Mas o que isso significa é que a grande maioria do mundo continua em risco", afirmou Ryan.
O diretor se disse preocupado com o crescimento de surtos no sudeste da Ásia e a alta no número de casos e de mortes na Europa e no Oriente Médio. "Estamos entrando em um período difícil. A doença continua se espalhando", ressaltou Ryan.
Na semana passada, o mundo registrou 1 milhão de mortes por Covid-19, quase 210 mil delas nos Estados Unidos. O Brasil foi o segundo país com maior número de óbitos causados pelo novo coronavírus: mais de 145 mil na sexta-feira (2).
Folhapress
Comentários CORRIGIR TEXTO