Porto Alegre, quinta-feira, 20 de agosto de 2020.
Dia do Maçom.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 20 de agosto de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Rússia

- Publicada em 09h58min, 20/08/2020.

Opositor de Putin é hospitalizado após suposto envenenamento, diz porta-voz

Navalny ganhou notoriedade após convocar manifestações contra Putin por meio das redes sociais

Navalny ganhou notoriedade após convocar manifestações contra Putin por meio das redes sociais


Mladen ANTONOV/AFP/JC
O ativista Alexei Navalny, opositor do governo Vladimir Putin na Rússia, encontra-se hospitalizado em tratamento intensivo com um quadro de envenenamento, anunciou nesta quinta-feira (20) sua porta-voz. Navalny estava voando da Sibéria até Moscou quando o avião precisou fazer um pouso de emergência após ele passar mal, segundo a porta-voz Kira Yarmysh.
O ativista Alexei Navalny, opositor do governo Vladimir Putin na Rússia, encontra-se hospitalizado em tratamento intensivo com um quadro de envenenamento, anunciou nesta quinta-feira (20) sua porta-voz. Navalny estava voando da Sibéria até Moscou quando o avião precisou fazer um pouso de emergência após ele passar mal, segundo a porta-voz Kira Yarmysh.
"Nós presumimos que Alexei foi envenenado com algo misturado ao seu chá. Foi a única coisa que ele bebeu naquela manhã. Os médicos dizem que a toxina foi absorvida mais rapidamente por meio do líquido quente. Alexei agora está inconsciente", disse Yarmysh.
Anatoly Kalinichenko, um médico no hospital da cidade de Omsk onde Navalny está internado, disse que ainda não há certeza de que o líder opositor foi envenenado, e que exames estão sendo feitos para confirmar o diagnóstico.
Crítico de Putin, Navalny ganhou notoriedade após convocar manifestações contra o governo por meio das redes sociais. Ele já foi detido várias vezes por organizar protestos não autorizados. No ano passado, Navalny revelou ter sofrido uma reação alérgica enquanto estava preso, e disse suspeitar ter sido vítima de envenenamento com algum produto químico. A Rússia realizará eleições regionais no mês que vem, e Navalny tem feito campanha para candidatos aliados.
Folhapress
Comentários CORRIGIR TEXTO