Porto Alegre, sexta-feira, 27 de março de 2020.
Dia Internacional do Teatro e Dia do Circo.

Jornal do Comércio

Porto Alegre, sexta-feira, 27 de março de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Venezuela

Notícia da edição impressa de 27/03/2020. Alterada em 26/03 às 20h42min

EUA oferece US$ 15 milhões pela prisão de Maduro

Para EUA, Maduro teria se associado às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia

Para EUA, Maduro teria se associado às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia


YURI CORTEZ/AFP/JC
Os EUA indiciaram, nesta quinta-feira (26), o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, por narcotráfico em associação com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e ofereceram US$ 15 milhões por informações que possam levar a sua prisão.
Os EUA indiciaram, nesta quinta-feira (26), o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, por narcotráfico em associação com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e ofereceram US$ 15 milhões por informações que possam levar a sua prisão.
Autoridades norte-americanas acusam Maduro de liderar um cartel de drogas que inclui outros 13 membros do governo venezuelano. Além de Maduro, os EUA colocaram um preço de US$ 10 milhões pela cabeça de Diosdado Cabello, presidente da Assembleia Constituinte e número dois do chavismo; Hugo Carvajal, ex-diretor da inteligência do Exército; Clíver Alcalá, general reformado; e Tareck El Aissami, vice-presidente para a área econômica.