Porto Alegre, quinta-feira, 12 de março de 2020.
Dia do Bibliotecário.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Estados Unidos

Alterada em 12/03 às 16h05min

Nova Iorque confirma 112 novos casos de coronavírus e proíbe eventos

Em entrevista coletiva, o democrata revelou a suspensão de todos os eventos com de 500 pessoas

Em entrevista coletiva, o democrata revelou a suspensão de todos os eventos com de 500 pessoas


IVAN MATTOS/ESPECIAL/JC
O governador de Nova Iorque, Andew Cuomo, informou que o número de casos de coronavírus subiu 112, entre a quarta-feira (11), e esta quinta-feira (12), e chegou a 328, sem nenhuma morte.
O governador de Nova Iorque, Andew Cuomo, informou que o número de casos de coronavírus subiu 112, entre a quarta-feira (11), e esta quinta-feira (12), e chegou a 328, sem nenhuma morte.
Em entrevista coletiva, o democrata revelou a suspensão de todos os eventos com de 500 pessoas, a partir de 18 horas (em Brasília) da sexta-feira (13), como forma de conter o avanço do coronavírus no Estado norte-americano.
A medida não inclui escolas, hospitais, lares para idosos e meios de transporte de massa, que permanecerão abertos.
O governador determinou que locais com menos de 500 pessoas só poderão ter metade da capacidade de ocupação completa.
Os teatros da Broadway serão fechados a partir desta quinta-feira.
Em Nova Jersey, Estado vizinho de Nova Iorque, o governador Philip Murphy recomendou o cancelamento de aglomerações com mais de 250 pessoas, incluindo shows, eventos esportivos e protestos.