Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 25 de janeiro de 2020.
Aniversário da cidade de São Paulo. Aniversário dos Correios e Telégrafos.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Turquia

Alterada em 25/01 às 18h14min

Número de mortos em terremoto na Turquia aumenta para 29

Equipes seguem nas buscas por sobreviventes; há mais de 1,4 mil feridos

Equipes seguem nas buscas por sobreviventes; há mais de 1,4 mil feridos


AFP/JC
Chega a 29 o número de mortos no terremoto de sexta-feira (24) na Turquia. O abalo provocou mais de mil feridos. O tremor de terra, de magnitude 6,8 na escala de Richter, atingiu a região de Elazig, no leste do país.
Chega a 29 o número de mortos no terremoto de sexta-feira (24) na Turquia. O abalo provocou mais de mil feridos. O tremor de terra, de magnitude 6,8 na escala de Richter, atingiu a região de Elazig, no leste do país.
As buscas por sobreviventes continuam. O terremoto de magnitude 6.8 na escala Richter foi seguido por mais de 400 réplicas de menor intensidade.
Segundo as autoridades locais, há mais de 1.400 feridos. As equipes de resgate trabalham sob frio intenso, com temperaturas negativas.
O terremoto destruiu 30 prédios em áreas seriamente afetadas. Segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos, o tremor que atingiu Elazig ocorreu às 20h55, hora local.
O ministro do Interior da Turquia, Suleyman Soylu, disse que cerca de 30 pessoas estão debaixo dos escombros de prédios que desabaram com o terremoto.As equipes de resgate devem continuar as buscas por toda a noite.
Agência Brasil
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia