Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 21 de novembro de 2019.
Dia Mundial da Televisão. Dia da Homeopatia e Dia do Homeopata.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Catolicismo

Edição impressa de 21/11/2019. Alterada em 21/11 às 03h00min

Na Tailândia, Papa Francisco começa viagem pela Ásia

Francisco foi recebido por representantes do governo tailandês e da Igreja Católica no país

Francisco foi recebido por representantes do governo tailandês e da Igreja Católica no país


VINCENZO PINTO/AFP/JC
O Papa Francisco desembarcou ontem em Bangcoc, na Tailândia, para uma visita de três dias, a primeira etapa da viagem à Ásia, que inclui o Japão. O avião que transportou o pontífice, o primeiro líder católico a visitar esses dois países em mais de 30 anos, chegou pouco depois do meio-dia (hora local) no aeroporto internacional Don Mueang, na capital tailandesa. O último Papa a visitar a Tailândia foi João Paulo II, em 1984.
O Papa Francisco desembarcou ontem em Bangcoc, na Tailândia, para uma visita de três dias, a primeira etapa da viagem à Ásia, que inclui o Japão. O avião que transportou o pontífice, o primeiro líder católico a visitar esses dois países em mais de 30 anos, chegou pouco depois do meio-dia (hora local) no aeroporto internacional Don Mueang, na capital tailandesa. O último Papa a visitar a Tailândia foi João Paulo II, em 1984.
Francisco foi recebido por representantes do governo tailandês e da Igreja Católica no país. Uma das primeiras pessoas a cumprimentar o Papa, assim que ele desceu do avião, foi Ana Rosa Sivori, freira de 77 anos que vive na Tailândia há 53 anos. A religiosa é prima de Francisco e, por falar a língua, vai ser a tradutora do pontífice.
No roteiro da visita está um encontro com o patriarca supremo budista e a celebração de uma missa no estádio nacional de Bangcoc. A Tailândia, um país de 66 milhões de habitantes, de maioria budista, conta com uma pequena comunidade católica de 388 mil pessoas - 0,58% da população.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia