Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 25 de julho de 2019.
Dia do Escritor. Dia do Motorista .

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Clima

Edição impressa de 25/07/2019. Alterada em 25/07 às 03h00min

Índia já registra mais de 100 mortes devido às chuvas de monções

O país asiático está na temporada de monções, período em que registra alta quantidade de tempestades

O país asiático está na temporada de monções, período em que registra alta quantidade de tempestades


DAVID TALUKDAR/AFP/JC
Pelo menos 20 pessoas morreram após serem atingidas por raios no estado de Bihar, no Oeste da Índia, na terça-feira. O país asiático está na temporada de monções, período em que registra alta quantidade de tempestades. O governo indiano informou que já chega a 100 o número de mortes na região em decorrência das enchentes ou por causa de raios. No domingo, no estado de Uttar Pradesh, 33 pessoas morreram atingidas por raios enquanto trabalhavam no campo. Apesar das consequências para a população, as chuvas de monções, entre junho e setembro, são fundamentais para as plantações da região.
Pelo menos 20 pessoas morreram após serem atingidas por raios no estado de Bihar, no Oeste da Índia, na terça-feira. O país asiático está na temporada de monções, período em que registra alta quantidade de tempestades. O governo indiano informou que já chega a 100 o número de mortes na região em decorrência das enchentes ou por causa de raios. No domingo, no estado de Uttar Pradesh, 33 pessoas morreram atingidas por raios enquanto trabalhavam no campo. Apesar das consequências para a população, as chuvas de monções, entre junho e setembro, são fundamentais para as plantações da região.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia