Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 26 de junho de 2019.
Dia Internacional de Combate às Drogas.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Estados Unidos

26/06/2019 - 15h34min. Alterada em 26/06 às 15h34min

Trump ameaça processar Google e Facebook por 'comportamento tendencioso'

De acordo com Trump, as giant techs "são todas democratas" e tratam mal o seu governo

De acordo com Trump, as giant techs "são todas democratas" e tratam mal o seu governo


MANDEL NGAN / AFP/JC
Estadão Conteúdo
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a fazer críticas a empresas gigantes de tecnologia e ameaçou processar o Google e o Facebook por, na visão dele, terem sido tendenciosos durante a eleição presidencial de 2016. De acordo com o líder americano, as giant techs "são todas democratas" e tratam mal o seu governo. Os comentários foram feitos durante entrevista à rede de TV Fox Business. A imprensa americana já havia noticiado, semanas atrás, que a Casa Branca considera ações antitruste contra empresas de tecnologia.
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a fazer críticas a empresas gigantes de tecnologia e ameaçou processar o Google e o Facebook por, na visão dele, terem sido tendenciosos durante a eleição presidencial de 2016. De acordo com o líder americano, as giant techs "são todas democratas" e tratam mal o seu governo. Os comentários foram feitos durante entrevista à rede de TV Fox Business. A imprensa americana já havia noticiado, semanas atrás, que a Casa Branca considera ações antitruste contra empresas de tecnologia.
Trump também comentou brevemente sobre as tensões com o Irã. Questionado sobre se os EUA podem entrar em guerra com o país persa, o republicano disse apenas que espera que não e fez novas críticas aos líderes iranianos.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia