Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 15 de maio de 2019.
Dia do Assistente Social.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Golfo Pérsico

Edição impressa de 15/05/2019. Alterada em 15/05 às 03h00min

Ataque com drones a oleoduto saudita paralisa produção

KARIM SAHIB/AFP/JC
Duas estações de bombeamento de petróleo foram alvos de um ataque com drones armados ontem perto da capital saudita, Riad, o que causou um incêndio e pequenos danos, e forçou a companhia Aramco a paralisar suas operações em um oleoduto. Este foi o segundo ataque no país desde domingo, quando dois navios petroleiros foram sabotados no Golfo Pérsico. O oleoduto afetado tem 1,2 mil quilômetros de extensão e capacidade de transportar o equivalente a 5 milhões de barris por dia. Apesar da paralisação temporária, a exportação de petróleo saudita não será afetada. A notícia do ataque levou a uma alta do preço do petróleo em 1,38%.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia