Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 15 de abril de 2019.
Dia Nacional da Conservação do Solo. Dia Mundial do Desenhista.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Venezuela

15/04/2019 - 13h46min. Alterada em 15/04 às 13h46min

Maduro torna toda Semana Santa feriado para economizar energia elétrica

Além de estender a Semana Santa, Maduro encurtou a semana de trabalho do funcionalismo público

Além de estender a Semana Santa, Maduro encurtou a semana de trabalho do funcionalismo público


YURI CORTEZ/AFP/JC
Estadão Conteúdo
Entra em vigor nesta segunda-feira (15), na Venezuela o decreto do presidente Nicolás Maduro que amplia o feriado de Páscoa para toda a Semana Santa. O objetivo da medida é economizar energia elétrica, uma vez que o país ainda sofre as consequências de dois mega-apagões desde março. Uma medida similar foi tomada no carnaval, quando o primeiro blecaute atingiu o país.
Além de tornar toda a Semana Santa feriado, Maduro também encurtou a semana de trabalho do funcionalismo público, que, de agora em diante, irá de segunda a sexta-feira. Existem na Venezuela 3 milhões de funcionários do setor.
Após atribuir, sem oferecer provas, os apagões a uma conspiração dos Estados Unidos, Maduro admitiu publicamente que terá de submeter o país a racionamento de energia por até um ano.
A hipótese apontada como mais provável para os blecautes, segundo especialistas, é a falta de manutenção, investimento em infraestrutura e fuga de cérebros do setor elétricos. A Hidrelétrica de Guri, que abastece a maior parte do país, deixou de funcionar plenamente em março, provavelmente em virtude de um problema nas turbinas.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia