Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 15 de março de 2019.
Dia Mundial do Consumidor. Dia da Escola.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Relações Internacionais

15/03/2019 - 16h56min. Alterada em 15/03 às 16h56min

Brasil e Emirados Árabes firmam acordo nas áreas de economia e turismo

Ideia é abrir novas oportunidades de integração entre os dois países

Ideia é abrir novas oportunidades de integração entre os dois países


José Cruz/Agência Brasil/JC
Agência Brasil
O Brasil e os Emirados Árabes assinaram hoje (15) acordo de cooperação e facilitação de investimentos que tem por objetivo estimular, simplificar e apoiar investimentos bilaterais. A ideia é abrir novas oportunidades de integração entre os dois países por meio de ambiente favorável aos negócios aos investidores.
O chanceler Ernesto Araújo e o ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação Internacional dos Emirados Árabes, xeique Abdullah bin Zayed Al Nahyan, também assinaram no Palácio Itamaraty tratados sobre assistência jurídica mútua em matéria penal e sobre extradição, cujo intuito é promover cooperação entre os dois países para fortalecer a repressão ao crime por meio de ações conjuntas voltadas para a extradição de criminosos que fugiram para o exterior.
Segundo Araújo, o Brasil pretende atrair mais investimentos do país, ?sobretudo com o potencial dos fundos de investimento dos Emirados Árabes?. ?Discutimos temas bilaterais na área de comércio e investimentos e, com grande destaque, temas regionais. Ouvimos sua percepção sobre a situação do Oriente Médio, com seus vizinhos, o Iêmen, por exemplo, e sobre o terrorismo naquela região. O Brasil está pronto para apoiar os esforços em favor da paz e da estabilidade na região?.
O xeique Abdullah também destacou o comércio promissor e a disposição do país de aumentar as oportunidades de negócios. De acordo com o governo brasileiro, o intercâmbio comercial bilateral atingiu, no ano passado, US$ 2,6 bilhões. Estima-se que os investimentos dos Emirados Árabes no Brasil superem US$ 5 bilhões.
O chanceler dos Emirados Árabes assinou memorando de entendimento para cooperação em turismo com o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio. O acordo prevê ações para facilitar os procedimentos alfandegários para intensificar o fluxo de viagens e a atração de investimentos entre os dois países
O xeique Abdullah está em visita oficial ao Brasil. Ele ainda se reunirá com o presidente Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto nesta tarde.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia