Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 27 de dezembro de 2018.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Itália

26/12/2018 - 08h54min. Alterada em 27/12 às 10h49min

Tremor de 4,8 graus atinge o sul da Itália após erupção de vulcão Etna

Pelo menos dez pessoas ficaram feridas

Pelo menos dez pessoas ficaram feridas


Giovanni ISOLINO / AFP
Agência Brasil
Um tremor de magnitude 4,8 na escala Richter atingiu, na noite desta terça-feira (25), áreas próximas ao Vulcão Etna, na Sicília. Há informações de feridos e danos em construções antigas, como a fachada de uma igreja tradicional. Por medida de precaução, uma estrada próxima ao local teria sido fechada provisoriamente.
O mais ativo vulcão da região entrou em erupção na véspera do Natal. De acordo com o Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia de Itália, o tremor ocorreu às 3h19min (2h19min em Lisboa), a apenas um quilómetro de profundidade. A imprensa italiana cita pelo menos dez feridos. O epicentro foi localizado entre as cidades de Viagrande, Trecastagni Aci Bonnacorsi.
A região de Catânia, na costa leste da Sicília, já sacudida por centenas de pequenos tremores. O abalo da madrugada dessa quarta-feira foi, até o momento, o mais intenso, e a terra continuou a tremer durante várias horas, com o registro de 11 sismos de menor magnitude. Nessa segunda-feira (24), o aeroporto da região chegou a ser fechado por algumas horas. O chefe do Departamento de Proteção Civil, Angelo Borrelli, convocou uma reunião do Comitê Operacional de Roma.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia