Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 04 de dezembro de 2018.
Dia Mundial da Propaganda.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

relações internacionais

Edição impressa de 04/12/2018. Alterada em 04/12 às 01h00min

Ucrânia convoca reservistas em meio à crise com a Rússia

O governo da Ucrânia começou a convocar ontem reservistas para serem treinados. O presidente Petro Poroshenko declarou que algumas unidades militares serão reestruturadas para fortalecer as defesas. As medidas estão previstas na lei marcial promulgada pelo Parlamento na semana passada.
"A Ucrânia está tomando os seus próprios passos em resposta à ameaça de uma invasão russa", disse. Durante o fim de semana, os russos movimentaram tropas ao longo da fronteira com a Ucrânia, e Poroshenko acusou Moscou de bloquear os portos no Mar de Azov.
Um porta-voz do governo da Rússia, Dmitry Peskov, negou as acusações e classificou-as como "uma tentativa absurda de fomentar as tensões". Sobre os portos em Azov, disse que a navegação continua normal, exceto por ocasionais pausas devido ao mau tempo.
A convocação vem após a escalada da tensão entre a Ucrânia e a Rússia, que, em 25 de novembro, capturou três navios ucranianos em águas russas no Mar Negro.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia