Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 05 de julho de 2018.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Tailândia

Notícia da edição impressa de 05/07/2018. Alterada em 05/07 às 01h00min

Meninos devem ser retirados de caverna aos poucos, diz governador

Os 12 meninos com idades entre 11 e 16 anos e seu técnico de futebol presos em uma caverna no Norte da Tailândia não devem ser retirados do local ao mesmo tempo, informou ontem o governador da província de Chiang Rai, Narongsak Osatanakorn. A remoção de cada um vai depender de seu estado de saúde. "Os 13 não devem sair ao mesmo tempo. Se um deles estiver 100% pronto, com as condições corretas (de saúde), poderá sair", disse Osatanakorn.
As autoridades farão avaliações diárias no grupo, e, caso haja algum risco, a retirada não ocorrerá. O governador acrescentou que as crianças ainda estão se recuperando, enquanto especialistas determinam qual será a melhor maneira de realizar o resgate. Uma das opções avaliadas é o mergulho, já que a caverna está inundada.
Também ontem, a Marinha da Tailândia começou a trabalhar na instalação de uma linha de fibra ótica de internet dentro da caverna. Segundo o técnico em comunicação Phoowanart Keawdum, assim que o cabo for instalado, será possível realizar chamadas telefônicas.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia