Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Geral

- Publicada em 04 de Junho de 2022 às 14:03

Porto Alegre amplia vacina da gripe para população em geral nesta segunda

Medida visa ampliar a proteção contra a gripe para a população antes da chegada do inverno

Medida visa ampliar a proteção contra a gripe para a população antes da chegada do inverno


CRISTINE ROCHOL/PMPA/DIVULGAÇÃO/JC
A partir desta segunda-feira (6), a vacinação contra gripe estará disponível em Porto Alegre para todas as pessoas a partir dos seis meses de idade. O imunizante oferecido pelo Sistema Único de Saúde protege contra três cepas do vírus influenza: A H1N1 e A H3N2 e B, garantindo proteção contra complicações da doença, que podem levar a hospitalizações e óbitos.
A partir desta segunda-feira (6), a vacinação contra gripe estará disponível em Porto Alegre para todas as pessoas a partir dos seis meses de idade. O imunizante oferecido pelo Sistema Único de Saúde protege contra três cepas do vírus influenza: A H1N1 e A H3N2 e B, garantindo proteção contra complicações da doença, que podem levar a hospitalizações e óbitos.
A medida visa ampliar a proteção contra a gripe para a população antes da chegada do inverno. Para isso, a prefeitura terá 124 unidades de Saúde com a vacina disponível, e a unidade móvel estará, de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h, no Largo Glenio Peres, no Centro Histórico.
O diretor adjunto da Vigilância em Saúde (DVS), órgão da SMS, Benjamin Roitman, destaca que a vacina da gripe pode ser feita de forma concomitante com outras vacinas pela maioria das pessoas. Apenas as crianças em idade para receber a vacina Covid-19 devem respeitar o intervalo mínimo entre as doses das duas vacinas. Quem teve Covid-19 deve aguardar 28 dias a partir do início dos sintomas ou da coleta do teste de Covid-19 para receber a vacina.
Roitman lembra que sintomas leves, comuns no inverno, como coriza, obstrução nasal ou tosse não contraindicam a vacinação. "Apenas pessoas com febre não têm indicação para serem vacinadas, devendo aguardar a melhora do quadro clínico”, ressalta.
Conteúdo Publicitário
Leia também
Comentários CORRIGIR TEXTO