Porto Alegre, sexta-feira, 20 de maio de 2022.
Porto Alegre,
sexta-feira, 20 de maio de 2022.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

TRABALHO

- Publicada em 20/05/2022 às 18h24min.

PF resgata em Putinga quatro argentinos mantidos em condições degradantes de trabalho

Alojamento onde o grupo era mantido estava em condições precárias

Alojamento onde o grupo era mantido estava em condições precárias


PF SANTA CRUZ DO SUL/DIVULGAÇÃO/JC
Quatro argentinos que atuavam no corte de árvores em uma área rural do Município de Putinga, na região do Vale do Taquari, foram resgatados por auditores-fiscais do Ministério do Trabalho, nesta sexta-feira (20). O grupo era mantido em condições de trabalho consideradas degradantes e permanecia isolado e em alojamentos precários pelo empregador.
Quatro argentinos que atuavam no corte de árvores em uma área rural do Município de Putinga, na região do Vale do Taquari, foram resgatados por auditores-fiscais do Ministério do Trabalho, nesta sexta-feira (20). O grupo era mantido em condições de trabalho consideradas degradantes e permanecia isolado e em alojamentos precários pelo empregador.
Segundo informações da Polícia Federal de Santa Cruz do Sul, diligências investigativas foram realizadas entre terça (17) e quarta-feira (18), por requisição do Ministério Público do Trabalho.
Os homens resgatados atuavam na informalidade e, segundo a investigação, teriam chegado ao local de trabalho com passagens pagas pelo empregador. Os mesmos estavam sem documentos desde então.
Os trabalhadores foram encaminhados a um hotel do município, enquanto aguardam os trâmites dos acertos financeiros referentes às rescisões contratuais, acompanhados pelo procurador do Ministério Público do Trabalho.
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário