Porto Alegre, segunda-feira, 07 de março de 2022.
Dia do fuzileiro naval.
Porto Alegre,
segunda-feira, 07 de março de 2022.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

clima

- Publicada em 07/03/2022 às 09h19min.

Falta de luz atinge ainda 54 mil consumidores na Região Metropolitana

Temporal de domingo deixou a população de Porto Alegre e região sem luz e água

Temporal de domingo deixou a população de Porto Alegre e região sem luz e água


ANDRESSA PUFAL/JC
Atualizada às 16h do dia 7 de março de 2022
Atualizada às 16h do dia 7 de março de 2022
Moradores da Região Metropolitana de Porto Alegre seguem afetados pelo forte temporal desse domingo (6). Segundo a CEEE Grupo Equatorial, 54 mil consumidores continuam sem energia elétrica na manhã desta segunda-feira (7).
Além da capital gaúcha, as regiões mais afetadas são Alvorada, Eldorado do Sul, Guaíba e Viamão. A CEEE afirma que, devido às quedas de árvores e objetos sobre a rede, a normalização deve demorar mais do que o normal.
O mau tempo também prejudicou o fornecimento de água em Porto Alegre. Segundo o Departamento Municipal de Água e Esgotos (DMAE), os problemas foram registrados nos bairros Agronomia, Azenha, Boa Vista, Bom Jesus, Camaquã, Cavalhada, Centro, Cel. Aparício Borges, Cascata, Cidade Baixa, Cristal, Glória, Jardim Botânico, Jardim Carvalho, Jardim do Salso, Medianeira, menino Deus, Nonoai, Partenon, Petrópolis, Praia de Belas, Santana, Santa Teresa, Teresópolis, São José, Santo Antônio, Vila João Pessoa, Vila Nova e Vila dos Sargentos.
O restabelecimento da água também depende do fornecimento de energia, afirma o DMAE. A previsão é de que a água volte às residências dos consumidores somente na noite de segunda-feira (7).
A energia já foi restabelecida para 136 mil residências. No domingo, 190 mil clientes ficaram sem luz na região. Na manhã de segunda, o número diminuiu pra 60 mil.
Na tarde desta segunda, a Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Rio Grande do Sul (Agergs) informou, em nota, que a CEEE-D foi notificada e deve prestar esclarecimentos, no prazo de 24h, quanto aos eventos ocorridos no sistema elétrico da Região Metropolitana.
A Agergs cobra informações sobre "quantidade de unidades consumidoras afetadas, quantidade de unidades consumidoras que ainda permaneceram sem o fornecimento ao longo do dia 07 de março de 2022, dados de mobilização/incremento de equipes para o restabelecimento do serviço, esclarecimentos quanto às previsões inconsistente para o restabelecimento do fornecimento de energia elétrica, e relação de ações para mitigar novas ocorrências". 
Segundo a agência, devido ao caráter essencial dos serviços de distribuição de energia elétrica para o funcionamento da sociedade, o reestabelecimento da energia deve ser feito com agilidade e competência. Sendo assim, a CEEE-D poderá sofrer penalidades contratuais pertinentes caso os esclarecimentos não sejam prestados. 
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário