Porto Alegre, terça-feira, 07 de dezembro de 2021.
Porto Alegre,
terça-feira, 07 de dezembro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Justiça

- Publicada em 07/12/2021 às 13h01min.

Julgamento do caso Kiss terá depoimento de Cezar Schirmer nesta quarta-feira

Prefeito de Santa Maria quando da tragédia, Schirmer será ouvido como testemunha

Prefeito de Santa Maria quando da tragédia, Schirmer será ouvido como testemunha


MARIANA CARLESSO/JC
Juliano Tatsch
A quarta-feira (8) deverá ter um dos momentos mais tensos até o momento do julgamento dos quatro réus do incêndio da boate Kiss, realizado desde o dia 1 de dezembro, no Foro Central I, em Porto Alegre. Arrolado como testemunha pela defesa de Elissandro Spohr, um dos donos da casa noturna, Cezar Schirmer, prefeito de Santa Maria na época da tragédia, em janeiro de 2013, irá estar diante do juiz Orlando Faccini Neto e responderá questionamentos feitos pelo magistrado, pela acusação e pelas defesas dos acusados.
A quarta-feira (8) deverá ter um dos momentos mais tensos até o momento do julgamento dos quatro réus do incêndio da boate Kiss, realizado desde o dia 1 de dezembro, no Foro Central I, em Porto Alegre. Arrolado como testemunha pela defesa de Elissandro Spohr, um dos donos da casa noturna, Cezar Schirmer, prefeito de Santa Maria na época da tragédia, em janeiro de 2013, irá estar diante do juiz Orlando Faccini Neto e responderá questionamentos feitos pelo magistrado, pela acusação e pelas defesas dos acusados.
Schirmer chegou a ser indiciado pela Polícia Civil por improbidade administrativa no caso da tragédia, mas teve o pedido arquivado pelo Ministério Público. Assim, sequer chegou a ser denunciado no caso. O então prefeito de Santa Maria renunciou ao cargo em setembro de 2016 para assumir a Secretaria Estadual de Segurança Pública no governo de José Ivo Sartori. Atualmente, Schirmer ocupa o cargo de secretário municipal de Planejamento e Assuntos Estratégicos da prefeitura de Porto Alegre na gestão Sebastião Melo (MDB), e vereador licenciado da Capital.
O pedido de arquivamento do inquérito que indiciava Schirmer e outros agentes públicos (dois secretários municipais e dois funcionários da prefeitura municipal) foi realizado em março de 2016 pela Promotoria de Santa Maria e aceito em novembro pelo Conselho Superior do Ministério Público do Rio Grande do Sul.
Na quinta-feira (9), será a vez de outra figura importante ser ouvida: o promotor Ricardo Lozza, que conduziu o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com a boate Kiss exigindo obras, mas que permitiu que ela continuasse em funcionamento.
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário