Porto Alegre, domingo, 21 de novembro de 2021.
Dia Mundial da Televisão. Dia da Homeopatia e Dia do Homeopata.
Porto Alegre,
domingo, 21 de novembro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

EDUCAÇÃO

- Publicada em 21/11/2021 às 14h20min.

Com queda de público, primeiro dia do Enem tem movimento tranquilo em Porto Alegre

Portões dos locais de provas, como a Escola Presidente Roosevelt, foram abertos ao meio-dia

Portões dos locais de provas, como a Escola Presidente Roosevelt, foram abertos ao meio-dia


ANDRESSA PUFAL/JC
Fernanda Crancio
Às 13h foram fechados os portões dos locais que sediam, neste domingo (21), o primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021. Em todo o Rio Grande do Sul, 138.720 estudantes se inscreveram para o teste, que começou às 13h30min e prossegue até 19h. Como relatado em todo o País, o exame deste ano conta com queda expressiva no número de inscritos em relação ao ano anterior. Somente no Estado, foram mais de 100 mil alunos que deixaram de realizar as provas nesta edição em relação a 2020, quando 245 mil estudantes participaram do Enem.
Às 13h foram fechados os portões dos locais que sediam, neste domingo (21), o primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021. Em todo o Rio Grande do Sul, 138.720 estudantes se inscreveram para o teste, que começou às 13h30min e prossegue até 19h. Como relatado em todo o País, o exame deste ano conta com queda expressiva no número de inscritos em relação ao ano anterior. Somente no Estado, foram mais de 100 mil alunos que deixaram de realizar as provas nesta edição em relação a 2020, quando 245 mil estudantes participaram do Enem.
O tema da redação foi "Invisibilidade e registro civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil". Domingo que vem (28) tem o segundo dia do exame.
Um dos pontos com maior contingente de alunos na Capital foi a Pontifícia Universidade Católica, que registrou movimento grande de público desde o final da manhã e  até engarrafamento no trânsito. Nos colégios de bairro, no entanto, o número reduzido de participantes nas prova ficava mais visível. Na Escola Estadual Presidente Roosevelt, no bairro Menino Deus, eram poucos os estudantes que aguardavam a abertura dos portões no final da manhã. Por volta das 13h, quando a entrada às salas foi permitida, o fluxo já havia aumentado, mas ainda era tranquilo e o acesso transcorreu com facilidade no colégio.
Além da exigência do uso de máscara para acesso ao local e durante todo o período de provas, os alunos tiveram de higienizar as mãos com álcool gel antes de ingressarem nas salas de aula. De acordo com funcionários da escola, por orientação da organização do Enem, não pôde ser divulgada a quantidade de salas nem alunos que participariam da prova no Presidente Roosevelt.
O Enem é realizado em dois dias e composto por quatro provas objetivas. Ao todo, são 180 questões, sendo 45 de cada área do conhecimento, além da redação. A duração da prova, nete dominho, é de 5 horas e 30 minutos, das 13h30min às 19h, mas os estudantes já poderão sair a partir das 15h30min, sem o caderno de questões, e após as 18h30min, com o caderno.
Primeira a chegar ao Presidente Roosevelt, às 10h, Samantha Souza, 17 anos, aguardava ao lado da mãe e de outras três candidatas a abertura dos portões, por volta das 11h. Surpresa com o quórum reduzdo no horário, a estudante destacou que muitos colegas deixaram de fazer a prova este ano, por se sentirem despreparados em função do período sem aulas presenciais. "A pandemia atrapalhou os estudos de muitos colegas, alguns tiveram de trabalhar para ajudar em casa e isso refletiu nas inscrições", comenta.
A jovem, que busca se credenciar para uma vaga em Medicina, é estudante do Colégio Estadual Padre Reus, e fez curso preparatório para o Enem.
Em sua segunda prova do Enem, Paulo Rebelo, 20 anos, tenta ingressar no curso de Contabilidade. Vindo de Caxias do Sul, onde prestou o exame no ano passado, demonstrava tranquilidade diante da prova. "Estou me preparando pra carreira militar e aposto nas aulas preparatórias para conseguir ir bem também no Enem. No ano passado eu saí do terceirão e não levei a sério, e não deu. Agora estou confiante que vou conseguir nota para entrar", relata.
De acordo com ele, muitos amigos também deixaram de prestar a prova neste ano, tanto em função da pandemia quanto por já terem começado a trabalhar e contarem com a ajuda dos pais e do complemento salarial para pagamento de cursos em universidades particulares.
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/11/21/206x137/1_ap_21112021___enem__12_-9476889.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'619a69d71939a', 'cd_midia':9476889, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/11/21/ap_21112021___enem__12_-9476889.jpg', 'ds_midia': 'Primeiro dia de aplicação das provas do ENEM', 'ds_midia_credi': 'ANDRESSA PUFAL/JC', 'ds_midia_titlo': 'Primeiro dia de aplicação das provas do ENEM', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '533', 'align': 'Left'}Estudantes tiveram de higienizar as mãos com álcool gel na entrada dos locais de prova. Fotos: Andressa Pufal/JC
Ao longo deste domingo, os candidatos farão as provas objetivas de Linguagens e Ciências Humanas e a prova de redação. Nesta edição, o tema será o mesmo, tanto para quem optar pelo Enem impresso quanto para o digital e, em ambas modalidades, o texto deverá ser feito à mão, com caneta esferográfica preta.
A redação é fundamental para que o candidato chegue mais próximo de seu objetivo, pois, para participar de programas como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas de Ensino Superior, e o Programa Universidade para Todos (ProUni), que concede bolsas de estudo em instituições privadas, é necessário não zerar a prova de redação.
O tema da redação deste ano foi Invisibilidade e registro civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil, conforme divulgou nas redes sociais o ministro da Educação, Milton Ribeiro, minutos após o início da prova.
No próximo domingo (28) ocorre o segundo e último dia de provas do Enem, com questões de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias. Os horários de funcionamento dos portões seguirão os mesmos deste primeiro dia, mas a duração da prova será de 5 horas, das 13h30min às 18h30min.
Quem não compareceu na primeira fase por estar com sintomas de Covid-19 poderá solicitar a reaplicação do exame, através da Página do Participante, no período de 29 de novembro a 3 de dezembro. No momento da solicitação, será necessário anexar documentação que comprove a condição de saúde do inscrito. A mesma orientação serve para quem estiver com alguma outra doenças infectocontagiosa.
Os resultados obtidos no Enem também são usados como critério único ou complementar de processos seletivos, além de servirem de parâmetros para acesso a auxílios governamentais, como o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Instituições portuguesas que possuem convênio com o Inep também aceitam as notas do exame para os estudantes interessados em cursar uma faculdade em Portugal.
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário