Porto Alegre, segunda-feira, 18 de outubro de 2021.
Dia do Médico.
Porto Alegre,
segunda-feira, 18 de outubro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CONTROLE DA PANDEMIA

- Publicada em 18/10/2021 às 19h30min.

Estabelecimentos e público se adequam à exigência do passaporte vacinal no RS

Na Fundação Iberê, público já testou a apresentação do comprovante da vacina desde sexta

Na Fundação Iberê, público já testou a apresentação do comprovante da vacina desde sexta


ANDRESSA PUFAL/JC
Fernanda Crancio
No primeiro dia de validade da exigência do passaporte vacinal no Rio Grande do Sul, para atividades coletivas como eventos, entrada em casas noturnas, shows, cinemas, teatros e parques temáticos, nesta segunda-feira (18), os estabelecimentos ainda adaptam equipes e serviços para se adequarem à norma. A regra,  estabelecida via decreto estadual de 1º de outubro, só permitirá ingresso e permanência de pessoas vacinadas nos locais considerados de alto risco para a contaminação pela Covid-19.
No primeiro dia de validade da exigência do passaporte vacinal no Rio Grande do Sul, para atividades coletivas como eventos, entrada em casas noturnas, shows, cinemas, teatros e parques temáticos, nesta segunda-feira (18), os estabelecimentos ainda adaptam equipes e serviços para se adequarem à norma. A regra,  estabelecida via decreto estadual de 1º de outubro, só permitirá ingresso e permanência de pessoas vacinadas nos locais considerados de alto risco para a contaminação pela Covid-19.
O regramento atinge basicamente cinco atividades econômicas: parques temáticos (e de aventura, diversão, aquáticos, jardins botânicos, zoológicos) e outros atrativos turísticos similares; teatros, auditórios, circos, casas de espetáculo e de shows; feiras e exposições corporativas, convenções, congressos e similares; eventos infantis, sociais e de entretenimento em buffets, casas de festas, casas de shows, casas noturnas, restaurantes, bares e similares; e para as competições esportivas que ocorrerem em academias, clubes, centros de treinamento, piscinas, quadras e similares.
No Jardim Botânico da Capital, que não abre às segundas-feiras, o primeiro dia de cumprimento do decreto será nesta terça (19). De acordo com a assessoria da Secretaria de Meio Ambiente e Infraestrutura, o parque já está com a estrutura preparada para verificar os comprovantes de imunização na guarita de acesso ao local.
No clube Grêmio Náutico União (GNU), o início da exigência será na quinta-feira (21), quando ocorrerá a primeira competição esportiva sob as novas regras, o VI Aberto do União de Beach Tennis, na sede Alto Petrópolis. Segundo a assessoria do clube "recebemos com tranquilidade a nova exigência, e o passaporte vacinal será solicitado conforme as regras", embora a competição ocupe as quadras de beach tennis ao ar livre. A conferência das carteiras de vacinação será feita nas portarias do clube.
Embora não esteja entre os locais que precisem, neste primeiro momento, cobrar a imunização dos frequentadores, a Fundação Iberê já passou a exigir o comprovante vacinal de todos os visitantes das exposições (foto) desde sexta-feira (15). De acordo com a assessoria do museu, a conduta antecipa a determinação do governo do Estado e garante mais segurança ao público e aos profissionais que transitam pelo local. "As pessoas estão super receptivas, quem não tinha o comprovante baixou o aplicativo pacientemente para entrar. É uma tranquilidade a mais para a circulação no prédio, além de mantermos todos os demais cuidados e limitação de público", explica Roberta Amaral, assessora da Fundação.
Já nos cinemas, o temor da Federação Nacional das Empresas Exibidoras (Feneec), segundo o presidente Ricardo Difini Leite, é de que a exigência possa reduzir a frequência de público nas salas. Entretanto, ele destaca que o dia passou de forma normal, sem qualquer tipo de problema. "Estamos pedindo na entrada da sala, pois muitos clientes compram ingresso pela internet ou nos totens de autoatendimento", afirmou.
Nas casas noturnas da cidade, embora a cobrança do passaporte já ocorresse desde o início de outubro, na maioria dos estabelecimentos, o final de semana anterior à exigência estadual já serviu de teste. Na Provocateur, reaberta na sexta (15), a aceitação do público foi tranquila. "Foi bem tranquila a aceitação, todo mundo colaborou, e a regra foi amplamente publicizada nas redes sociais da casa", informou o empresário Marcos Paulo Magalhães, proprietário da danceteria.

Veja a exigência vacinal por faixa etária considerada:

  • Público acima de 40 anos- deve comprovar esquema vacinal completo (primeira dose ou dose única e segunda dose) a partir de 1º de outubro;
    Público entre 30 e 39 anos-segunda dose ou dose única a partir de 1º de novembro;
    Público entre 18 e 29 anos- deve comprovar primeira dose ou dose única entre 1º e 30 de novembro, e segunda dose ou dose única a partir de 1º de dezembro.
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário