Porto Alegre, quinta-feira, 03 de junho de 2021.
Corpus Christi. Dia Mundial do Administrador de Pessoal.
Porto Alegre,
quinta-feira, 03 de junho de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Previdência

- Publicada em 11h06min, 03/06/2021. Atualizada em 11h22min, 03/06/2021.

Agências do INSS estarão fechadas nesta sexta-feira e segurados devem reagendar atendimento

Mais de 40 mil pessoas ficarão sem atendimento e devem realizar a remarcação

Mais de 40 mil pessoas ficarão sem atendimento e devem realizar a remarcação


LUIZA PRADO/JC
O ministro da Economia, Paulo Guedes, decretou ponto facultativo nas agências do INSS para esta sexta-feira (4). Segundo o Sindicato dos Trabalhadores Federais da Saude Trabalho e Previdência (Sindsprev), mais de 40 mil pessoas ficarão sem atendimento e devem realizar o reagendamento pelo Meu INSS através do número 135.
O ministro da Economia, Paulo Guedes, decretou ponto facultativo nas agências do INSS para esta sexta-feira (4). Segundo o Sindicato dos Trabalhadores Federais da Saude Trabalho e Previdência (Sindsprev), mais de 40 mil pessoas ficarão sem atendimento e devem realizar o reagendamento pelo Meu INSS através do número 135.
Os servidores do INSS estão tentando reagendar mais de 40 mil atendimentos nas agências do instituto na próxima. O diretor da Federação Nacional dos Sindicatos de Trabalhadores em Saúde Trabalho Previdência e Assistência Social (Fenasps) pelo Coletivo Mudança e Renovação e do Sindisprev/RS, Daniel Emmanuel, diz que “a irresponsabilidade do ministro da Economia deixa os servidores perplexos, pois alterações em cima da hora prejudicam os usuários do INSS, principalmente neste momento em que passamos de 14,8 milhões de desempregados no Brasil, num momento em que a população mais precisa dos serviços nas agências”. 
Conforme o sindicato, esta é a terceira vez que o ministro toma uma decisão "em cima da hora". "Nas últimas duas (vezes), pessoas se aglomeraram em frente às agências, pois não receberam a informação de que o INSS estaria fechado", informa.
A decisão do ministro altera a portaria nº 430, de 30 de dezembro de 2020, que estabelece os dias de
feriados e pontos facultativos para este ano, e é utilizada para planejar o expediente nos órgãos públicos, em especial naqueles que trabalham com atendimento ao público, como é o caso do INSS. 
Em 2020, o Ministro publicou, com um dia de antecedência, uma portaria alterando o ponto facultativo alusivo ao dia do servidor. No dia 31 de março deste ano, Guedes decretou o dia 1 de abril como ponto facultativo.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário