Porto Alegre, quinta-feira, 01 de abril de 2021.
Dia da Mentira.
Porto Alegre,
quinta-feira, 01 de abril de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Clima

- Publicada em 11h35min, 01/04/2021. Atualizada em 13h29min, 01/04/2021.

Meteorologistas descartam ciclone atípico no Rio Grande do Sul

Segundo os meteorologistas da Climatempo, o mar pode ficar agitado no litoral sul do Brasil

Segundo os meteorologistas da Climatempo, o mar pode ficar agitado no litoral sul do Brasil


NANÁ HAUSEN/DIVULGAÇÃO/JC
Osni Machado
A Climatempo descarta a possibilidade de um ciclone atingir a costa brasileira no Sul do País nos próximos dias. O mar pode ficar agitado, mas não deve trazer maiores problemas. Os novos modelos meteorológicos não indicam mais nenhum movimento atípico de baixas pressões atmosféricas na região. “Nada de ciclone atípico à vista e nem a possibilidade de comparação com o movimento de um furacão”, destacam os meteorologistas da empresa.
A Climatempo descarta a possibilidade de um ciclone atingir a costa brasileira no Sul do País nos próximos dias. O mar pode ficar agitado, mas não deve trazer maiores problemas. Os novos modelos meteorológicos não indicam mais nenhum movimento atípico de baixas pressões atmosféricas na região. “Nada de ciclone atípico à vista e nem a possibilidade de comparação com o movimento de um furacão”, destacam os meteorologistas da empresa.
Com base na análise da Marinha do Brasil, a Climatempo explica que a área de baixa pressão atmosférica é de um ciclone extratropical associado com uma frente fria que avança do litoral do Rio De Janeiro para o Espírito Santo.
Esse ciclone pode ser considerado de intensidade moderada a forte pelo seu valor mínimo de pressão atmosférica, na medica que avança sobre o mar nesta quinta-feira (1), em direção ao litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro.
Os meteorologistas detalham que este sistema está se deslocando para o alto-mar, no sentido Sudeste, na sexta-feira (2), na altura de São Paulo e do Rio de Janeiro, como se observa normalmente neste tipo de fenômeno meteorológico. Portanto, este ciclone extratropical apresenta um deslocamento comum, normal, na costa brasileira, que é de se afastar no sentido Sudeste/Sul.
Comentários CORRIGIR TEXTO