Porto Alegre, domingo, 21 de fevereiro de 2021.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 21 de fevereiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Distanciamento Controlado

- Publicada em 18h54min, 21/02/2021.

Primeira noite de restrições tem 110 aglomerações e 30 festas encerradas no RS

Mais de 220 locais fiscalizados em todo o Estado, a maior parte no Litoral Norte

Mais de 220 locais fiscalizados em todo o Estado, a maior parte no Litoral Norte


RODRIGO ZIEBELL/SSP/DIVULGAÇÃO/JC
A primeira noite em vigor das novas restrições para conter o avanço do coronavírus no Rio Grande do Sul - que suspenderam as atividades não essenciais das 22h às 5h até o início de março, teve a fiscalização de mais de 220 estabelecimentos comerciais em todo o Estado. A ofensiva foi realizada pelas forças da Segurança Pública, como Brigada Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Guardas Municipais e de agentes de vigilância sanitárias da prefeituras.
A primeira noite em vigor das novas restrições para conter o avanço do coronavírus no Rio Grande do Sul - que suspenderam as atividades não essenciais das 22h às 5h até o início de março, teve a fiscalização de mais de 220 estabelecimentos comerciais em todo o Estado. A ofensiva foi realizada pelas forças da Segurança Pública, como Brigada Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Guardas Municipais e de agentes de vigilância sanitárias da prefeituras.
A fiscalização fez abordagens nos pontos que se mantiveram abertos após o horário estabelecido. A maior parte das ações se concentrou no Litoral Norte, devido ao veraneio. Com a chegada dos policiais, as pessoas se retiravam dos locais e os estabelecimentos eram fechados. Em todo o RS, a BM registrou a atuação em 110 ocorrências de dispersão de aglomerações e 30 ocorrências de encerramento de festas clandestinas.
Em Osório, no Litoral Norte, a Brigada Militar dispersou uma festa irregular com cerca de 50 pessoas na beira da Lagoa dos Barros. Seis veículos foram recolhidos por perturbação do sossego público, devido aos equipamentos de som instalados. Segundo informação da Secretaria Estadual de Segurança Pública, os participantes da festa não usavam máscaras, foram identificados e responderão pelo crime de infringir determinação do poder público.
Em Imbé, também no Litoral, 18 estabelecimentos foram fiscalizados e 93 pessoas abordadas. No centro de Tramandaí, Nova Tramandaí e balneário de Oásis do Sul, a polícia identificou 95 estabelecimentos comerciais abertos após às 22 horas. Foram abordadas 444 pessoas. Em Capão da Canoa, os agentes fiscalizaram 17 bares, restaurantes, pizzarias e similares, sendo abordadas 474 pessoas nesses locais. 
Em Porto Alegre, segundo a pasta, praticamente não houve casos de funcionamento de atividades não essenciais após o horário estabelecido, tendo sido realizado apenas um registro de atendimento pela BM.
Também houve anotação de descumprimentos da ordem nos municípios de Capão da Canoa (11), Alvorada (10), Sapucaia do Sul (7), Bento Gonçalves (4), Tupanciretã (4), Iraí (3), Pelotas (2), Santa Maria (2), Sobradinho (2), Venâncio Aires (2), Cristal do Sul (1), Erechim (1), Esmeralda (1), Santa Maria do Herval (1) e Santo Augusto (1).
Comentários CORRIGIR TEXTO