Porto Alegre, sexta-feira, 12 de fevereiro de 2021.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 12 de fevereiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Clima

- Publicada em 13h29min, 12/02/2021. Atualizada em 14h45min, 12/02/2021.

Previsão indica instabilidade para o Rio Grande do Sul no feriadão de Carnaval

Recursos federais serão destinados ao socorro, assistência, restabelecimento de serviços essenciais

Recursos federais serão destinados ao socorro, assistência, restabelecimento de serviços essenciais


LUIZA PRADO/JC
Osni Machado
A instabilidade já será percebida neste sábado (13) na Região Sul do País. As condições meteorológicas, de acordo com o boletim divulgado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), são favoráveis à ocorrência de pancadas de chuva com intensidade moderada a forte, possibilidade de queda de granizo, trovoadas e rajadas de vento variando entre (40 a 60Km/h) em áreas isoladas do Leste, Nordeste e Norte do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.
A instabilidade já será percebida neste sábado (13) na Região Sul do País. As condições meteorológicas, de acordo com o boletim divulgado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), são favoráveis à ocorrência de pancadas de chuva com intensidade moderada a forte, possibilidade de queda de granizo, trovoadas e rajadas de vento variando entre (40 a 60Km/h) em áreas isoladas do Leste, Nordeste e Norte do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.
Para o chamado “feriadão” de Carnaval, a Metsul Meteorologia, por sua vez, prevê instabilidade climática, devido ao ingresso de uma massa de ar quente e úmida de origem tropical no Rio Grande do Sul. Pode ocorrer chuva em diversas localidades.
Após, uma segunda-feira (15) com sol, calor e sensação de abafamento, na terça-feira (16), uma frente fria traz instabilidade climática, principalmente, para a Metade Oeste. Na quarta-feira de Cinzas, o sol predomina no Rio Grande do Sul e apenas pontos isolados do Leste. Já na região costeira está prevista uma instabilidade passageira.
Uma nota emitida pelo Ministério do Desenvolvimento (MDR) nesta sexta-feira, informa que a Defesa Civil Nacional reconhece situação de emergência em oito municípios do País, entre eles, Dezesseis de Novembro (RS), sofrido com a estiagem e Morro Redondo (RS) atingido por tempestades locais. Os demais municípios são: Corumbá (MS), Iretama (PR) e Pitanga (PR) que foram afetadas por enxurradas. Já Tenente Laurentino Cruz, no Rio Grande do Norte, registrou a ocorrência de seca. Já Embu das Artes (SP), Peruíbe e Morro foram atingidos por tempestades.
Pela portaria publicada no Diário Oficial da União nesta sexta-feira (12) do MDR, por meio da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) dará o acesso a recursos federais aos municípios citados. Os recursos serão destinados ao socorro, assistência, restabelecimento de serviços essenciais à população e recuperação de infraestruturas danificadas.
Ainda de acordo com o texto divulgado pelo MDR, o auxílio pode ser solicitado sempre que necessário - inclusive em situações recorrentes, como é o caso de desastres ocasionados por seca ou chuvas intensas. Para receber, é necessário atender aos critérios exigidos pela Instrução Normativa número 36/2020. Prefeituras e governos devem apresentar o diagnóstico dos danos e um plano de trabalho para a execução das ações.
Comentários CORRIGIR TEXTO