Porto Alegre, terça-feira, 02 de fevereiro de 2021.
Nossa Senhora dos Navegantes (feriado em Porto Alegre). Dia do Agente Fiscal.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 02 de fevereiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORONAVÍRUS

- Publicada em 16h12min, 02/02/2021. Atualizada em 21h10min, 02/02/2021.

Vacina da AstraZeneca é 82,4% eficaz com doses aplicadas em intervalo de três meses

O imunizante é 76% eficaz na proteção contra a doença logo após a primeira injeção

O imunizante é 76% eficaz na proteção contra a doença logo após a primeira injeção


TÂNIA REGO/ABR/JC
A vacina desenvolvida pela AstraZeneca, em parceria com a Universidade de Oxford, se mostrou 82,4% eficaz na prevenção do coronavírus quando as duas doses são aplicadas em intervalo de três meses de diferença, de acordo com estudos conduzidos pela instituição de ensino britânica. Em um cenário em que o intervalo cai para menos de seis semanas, a eficácia é de apenas 54,9%.
A vacina desenvolvida pela AstraZeneca, em parceria com a Universidade de Oxford, se mostrou 82,4% eficaz na prevenção do coronavírus quando as duas doses são aplicadas em intervalo de três meses de diferença, de acordo com estudos conduzidos pela instituição de ensino britânica. Em um cenário em que o intervalo cai para menos de seis semanas, a eficácia é de apenas 54,9%.
A pesquisa, que ainda será revisada por pares, mostrou também que o imunizante é 76% eficaz na proteção contra a doença logo após a primeira injeção. Ainda segundo os testes, a transmissão da doença se reduziu 67% após as primeiras doses, pela análise de voluntários vacinados no Reino Unido.
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO