Porto Alegre, segunda-feira, 01 de fevereiro de 2021.
Dia do Publicitário.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 01 de fevereiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

protesto

- Publicada em 15h54min, 29/01/2021. Atualizada em 00h32min, 01/02/2021.

Petroleiros vendem gás de cozinha por R$ 35,00 em Esteio nesta segunda

Serão vendidos 100 botijões pelo valor de R$ 35,00 em apoio à greve dos caminhoneiros

Serão vendidos 100 botijões pelo valor de R$ 35,00 em apoio à greve dos caminhoneiros


SINDIPETRO/DIVULGAÇÃO/JC
Em apoio à paralisação dos caminhoneiros, marcada para os dias 1º e 2 de fevereiro, o Sindicato dos Petroleiros do Rio Grande do Sul (Sindipetro-RS) promove vai vender gás de cozinha a R$ 35,00. A ação vai ser na esquina da avenida Padre Claret com a rua Passo Fundo, em Esteio, na Região Metropolitana de Porto Alegre.
Em apoio à paralisação dos caminhoneiros, marcada para os dias 1º e 2 de fevereiro, o Sindicato dos Petroleiros do Rio Grande do Sul (Sindipetro-RS) promove vai vender gás de cozinha a R$ 35,00. A ação vai ser na esquina da avenida Padre Claret com a rua Passo Fundo, em Esteio, na Região Metropolitana de Porto Alegre.
É mais uma edição da campanha "Gás a preço justo". Serão vendidos 100 botijões de 13 quilos. A venda será a partir das 17h desta segunda-feira. O sindicato afirma que o evento será transferido em caso de chuva.
O objetivo da campanha, de acordo com o Sindipetro-RS, é mostrar que é possível vender o gás de cozinha a um preço mais baixo do que é praticado no mercado atualmente. É levado em consideração o custo de produção nacional, mantendo o lucro das distribuidoras, revendedoras, da Petrobras e a arrecadação dos impostos dos estados e municípios.
A "Gás a preço justo" acontece em diversos municípios gaúchos. Ainda sem planos concretos, os petroleiros pretendem realizar outras edições da campanha ainda em Porto Alegre e em Canoas.
Comentários CORRIGIR TEXTO