Porto Alegre, sexta-feira, 29 de janeiro de 2021.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 29 de janeiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

solidariedade

- Publicada em 02h33min, 29/01/2021. Atualizada em 20h44min, 29/01/2021.

Ex-jogador Tinga idealiza projeto voltado para o esporte

Projeto fome de aprender distribui alimentos a pessoas em situação de vulnerabilidade

Projeto fome de aprender distribui alimentos a pessoas em situação de vulnerabilidade


INSTAGRAM/REPRODUÇÃO/DIVULGAÇÃO/JC
Andressa Vieira
Conhecido por ser um sonhador em prática, o ex-jogador da dupla Gre-Nal Paulo César Tinga trabalha em um novo projeto voltado para o esporte.
Conhecido por ser um sonhador em prática, o ex-jogador da dupla Gre-Nal Paulo César Tinga trabalha em um novo projeto voltado para o esporte.
O objetivo de Tinga é criar um campo de futebol para 11, com grama sintética e proporcionar para as pessoas o esporte como projeto social. “Quero que o esporte possa ser incentivado de uma maneira social de verdade, com valores, princípios”, afirma o ex-jogador.
Em uma reunião na última segunda-feira (26), com o prefeito de Porto Alegre Sebastião Melo, o projeto foi apresentado. Nesse primeiro momento a conversa entre os dois foi um “bate-papo”, como o próprio jogador afirmou. “Eu apresentei essas ideias para ele e eles ficaram de avaliar, me dando a liberdade que eu preciso”.
O ex-jogador é conhecido não apenas pelo bom futebol, mas também por seus projetos sociais desenvolvidos em áreas vulneráveis.
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/png/2021/01/28/206x137/1_tinga_3-9240180.png', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'60131eb640859', 'cd_midia':9240188, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/png/2021/01/28/480x320/1_tinga_3-9240180.png', 'ds_midia': 'Ônibus fome de aprender', 'ds_midia_credi': 'INSTAGRAM/REPRODUÇÃO/DIVULGAÇÃO/JC', 'ds_midia_titlo': 'Ônibus fome de aprender', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '100%', align= O ônibus conta com a estrutura de uma cozinha e biblioteca. FOTO: INSTAGRAM/REPRODUÇÃO/DIVULGAÇÃO/JC
O Time Fome de Aprender, idealizado por Tinga com a ajuda de amigos e empresários ganhou vida no inicio de 2020, quando o Estado e o mundo enfrentavam a pandemia do coronavírus. Com o sonho de proporcionar que pessoas em situação de vulnerabilidade recebam alimentos e conhecimento, a adaptação de um ônibus com cozinha e biblioteca nasceu.
Atualmente o projeto serve 300 refeições por dia e a biblioteca conta com 1000 livros. “Eu tinha o sonho de construir uma cozinha e servir sem almoço, hoje nós estamos servindo 300 por dia. Eu tinha o sonho de ter uma biblioteca com 100 livros, hoje nós temos uma biblioteca com 1000 livros”, ressalta Tinga sobre o projeto.
Comentários CORRIGIR TEXTO