Porto Alegre, sábado, 26 de dezembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 26 de dezembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Abastecimento

- Publicada em 14h08min, 26/12/2020.

Desligamento programado de energia poderá causar falta de água em 25 bairros de Porto Alegre

Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae) informa que poderá faltar água neste domingo (27)

Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae) informa que poderá faltar água neste domingo (27)


PREFEITURA DE PORTO ALEGRE/DIVULGAÇÃO/JC
O desligamento de energia para a CEEE efetuar melhorias na rede elétrica do bairro São João, entre 8h e 13h deste domingo (27) pode gerar falta de água em 25 bairros de Porto Alegre. Segundo o Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae) o desabastecimento pode ocorrer na área de abrangência da Estação de Tratamento de Água (ETA) São João (rua Cel. Camisão, 250).
O desligamento de energia para a CEEE efetuar melhorias na rede elétrica do bairro São João, entre 8h e 13h deste domingo (27) pode gerar falta de água em 25 bairros de Porto Alegre. Segundo o Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae) o desabastecimento pode ocorrer na área de abrangência da Estação de Tratamento de Água (ETA) São João (rua Cel. Camisão, 250).
Na lista de possíveis afetados estão os bairros Anchieta; Auxiliadora; Higienópolis; Humaitá; Jardim São Pedro; Navegantes; Passo D’Areia; São Geraldo; São João; Vila Farrapos; Sarandi; Cristo Redentor; Boa Vista; Vila Ipiranga; Vila Floresta; Jardim Lindóia; São Sebastião; Jardins Itu e Sabará; Rubem Berta; Protásio Alves; Jardim Leopoldina; Passo das Pedras; Jardim Planalto; Costa e Silva e Vila Jardim.
Após a conclusão dos serviços, a água não volta de imediato à rede pública de abastecimento e aos imóveis, diferente da energia elétrica, que é quase instantânea. Mas segundo o DMAE a situação deve se normalizar até a madrugada de segunda-feira (28). Ainda de acordo com o órgão da Prefeitura, a água poderá retornar turva ou não transparente, devido ao arraste de micropartículas inertes e não prejudiciais à saúde, que eventualmente, pela pressão, se soltam das paredes internas da canalização. Para solicitar lavagem da rede ou do ramal predial, a população deve ligar para o número 156, e escolher a opção 2 para realizar a demanda a um atendente.
Comentários CORRIGIR TEXTO