Porto Alegre, sexta-feira, 11 de dezembro de 2020.
Dia do Arquiteto. Dia do Engenheiro.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 11 de dezembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Saúde

- Publicada em 11h32min, 11/12/2020.

Prefeitura de Santa Maria emite medidas para evitar aglomerações em locais públicos

Frente à pandemia, fiscalização será intensificada na cidade

Frente à pandemia, fiscalização será intensificada na cidade


JOÃO ALVES/DIVULGAÇÃO/JC
A elevação de casos com diagnóstico positivo para a Covid-19 e de hospitalizações em leitos de UTI fez com que a Prefeitura de Santa Maria emitisse novos decretos, nesta quinta-feira (10). Os documentos limitam o horário de funcionamento para restaurantes, bares, lancherias e trailers e a quantidade de pessoas por mesa, além de suspender a gratuidade para idosos no transporte coletivo. Também está sendo intensificada a atuação da Fiscalização Municipal Integrada em conjunto com a Brigada Militar. As medidas passam a valer a partir de desta sexta-feira (11). O principal objetivo é inibir aglomerações.
A elevação de casos com diagnóstico positivo para a Covid-19 e de hospitalizações em leitos de UTI fez com que a Prefeitura de Santa Maria emitisse novos decretos, nesta quinta-feira (10). Os documentos limitam o horário de funcionamento para restaurantes, bares, lancherias e trailers e a quantidade de pessoas por mesa, além de suspender a gratuidade para idosos no transporte coletivo. Também está sendo intensificada a atuação da Fiscalização Municipal Integrada em conjunto com a Brigada Militar. As medidas passam a valer a partir de desta sexta-feira (11). O principal objetivo é inibir aglomerações.
“A segunda onda do coronavírus chegou. Mas não adianta todos os dias buscarmos leitos e realizarmos testes para diagnóstico da doença e a população, que cobra muito, não fazer a sua parte. São três graves problemas que estamos enfrentando: pessoas sintomáticas que não procuram o sistema de saúde e transmitem para familiares, aglomerações e festas clandestinas. Os atuais decretos foram pensados nesses fatores”, explicou o prefeito Jorge Pozzobom durante transmissão online nas redes sociais nesta quinta-feira.
Conforme o decreto 262, restaurantes, bares, lancherias e trailers somente poderão funcionar das 8h às 21h, para ingresso dos clientes para consumo no local, até as 22h para conclusão dos atendimentos e do consumo no interior do estabelecimento e até as 23h para delivery e pegue e leve. Além disso, terão de obedecer ao limite máximo de ocupação de até quatro pessoas por mesa, com distanciamento de dois metros entre as mesas, tanto nos espaços internos quanto externos do local.
O documento também estabelece a proibição de consumo em lojas de conveniência, seja na parte interna ou externa, de segunda a sexta-feira, das 18h às 6h, e nos sábados e domingos, das 14h às 6h. Já as distribuidoras de bebidas poderão funcionar apenas no sistema pegue e leve e delivery, sem mesas ou demais espaços para consumo local e com horário até 23h. O decreto 262 é válido até o próximo dia 20.
O decreto 263 estabelece a suspensão por 30 dias, a partir desta sexta-feira, da gratuidade no transporte público para pessoas com mais de 65 anos em horários de pico. Sendo assim, a gratuidade se dará somente entre 9h e 11h e entre 14h30min e 17h.
O reforço em equipes para ações de combate à Covid-19 pela Fiscalização Municipal Integrada e Brigada Militar foi formalizada pelo prefeito Jorge Pozzobom. Na tarde desta quinta-feira, ele foi recebido pelo comandante do CRPO Central, Erivelton Hernandes Rodrigues. 
Comentários CORRIGIR TEXTO