Porto Alegre, sexta-feira, 04 de dezembro de 2020.
Dia Mundial da Propaganda.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 04 de dezembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

SAÚDE

- Publicada em 17h23min, 04/12/2020. Atualizada em 18h58min, 04/12/2020.

Em reunião com Melo, Amrigs condena lockdown e debate estratégias de saúde pública

Diretoria da entidade tratou de temas ligados à saúde pública, em encontro com Melo (c) e Gomes (e)

Diretoria da entidade tratou de temas ligados à saúde pública, em encontro com Melo (c) e Gomes (e)


AMRIGS/DIVULGAÇÃO/JC
Em encontro com o prefeito eleito de Porto Alegre, Sebastião Melo (MDB), dirigentes da Associação Médica do Rio Grande do Sul (Amrigs) posicionaram-se contra a possibilidade de lockdown na Capital, em função da pandemia da Covid-19. Para o presidente da entidade, Gerson Junqueira Jr., o ideal é chegar a um equilíbrio entre a atividade econômica e os cuidados com a disseminação da doença.
Em encontro com o prefeito eleito de Porto Alegre, Sebastião Melo (MDB), dirigentes da Associação Médica do Rio Grande do Sul (Amrigs) posicionaram-se contra a possibilidade de lockdown na Capital, em função da pandemia da Covid-19. Para o presidente da entidade, Gerson Junqueira Jr., o ideal é chegar a um equilíbrio entre a atividade econômica e os cuidados com a disseminação da doença.
"Hoje, os médicos já sabem como tratar os pacientes, diferentemente de março, abril ou junho, quando tudo era novidade para os profissionais da saúde", disse o dirigente, na reunião que contou com entidades médicas, representantes do comércio e de bares e restaurantes.
Durante a reunião, da qual participaram também o vice-prefeito eleito, Ricardo Gomes (DEM), e o presidente do Conselho de Representantes da Amrigs, Mauro Sparta, os representantes da entidade também manifestaram preocupação com a retomada dos procedimentos de outras especialidades médicas, represadas durante a pandemia. A estratégia e logística da vacinação em Porto Alegre também foram debatidas com os futuros gestores da cidade.
A agenda, na Associação Comercial de Porto Alegre, contou ainda com participação de membros do Conselho Regional de Medicina, do Sindicato Médico e de entidades empresariais de Porto Alegre.
Comentários CORRIGIR TEXTO