Porto Alegre, segunda-feira, 23 de novembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 23 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

TRANSPORTE

- Publicada em 19h59min, 23/11/2020. Atualizada em 20h00min, 23/11/2020.

Cartão TRI para transporte coletivo de Porto Alegre começa a ser distribuído nesta terça

Cartão TRI beneficiará mais de 51 mil famílias com valor para 44 viagens de ônibus na Capital

Cartão TRI beneficiará mais de 51 mil famílias com valor para 44 viagens de ônibus na Capital


CLAITON DORNELLES/JC
A prefeitura de Porto Alegre começa a distribuir o Cartão TRI Social à população a partir desta terça-feira (24). O benefício permitirá a 51.519 mil famílias em situação de vulnerabilidade social fazer 44 viagens mensais no transporte coletivo. Cada pessoa receberá em torno de R$ 700,00 para as viagens, com recarga automática.
A prefeitura de Porto Alegre começa a distribuir o Cartão TRI Social à população a partir desta terça-feira (24). O benefício permitirá a 51.519 mil famílias em situação de vulnerabilidade social fazer 44 viagens mensais no transporte coletivo. Cada pessoa receberá em torno de R$ 700,00 para as viagens, com recarga automática.
A medida foi garantida graças a acordo firmado em setembro entre o Executivo Municipal e os consórcios de ônibus da cidade. O TRI Social vai beneficiar famílias com renda de até R$ 89 por pessoa, atualizados no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) do governo federal até 10 de outubro. Será um cartão por família, e os primeiros favorecidos serão os usuários nascidos em janeiro.
Para obter o auxílio, é necessário fazer parte do CadÚnico e receber o Cartão Social, benefício criado pela prefeitura para famílias de baixa renda durante a pandemia, e que integra o Plano Emergencial de Proteção Social – Covid-19.
Os horários permitidos para as viagens são das 9h às 16h59min e das 20h às 05h59min, exclusivamente nos ônibus de Porto Alegre. A cada uso será descontada uma tarifa integral e o cartão é de uso pessoal e intransferível, com funcionamento a partir de captura de biometria facial, que será realizada no momento de retirada do TRI Social ou na primeira vez em que for utilizado no ônibus. O uso indevido do cartão poderá acarretar na perda do benefício.
A ação coletiva reclamava a reposição de todos os custos no sistema, que totalizam cerca de R$ 67 milhões. Pelo acordo, as concessionárias renunciaram à quantia de R$ 27,8 milhões, referente à remuneração de capital, à depreciação e à remuneração do serviço do período compreendido entre 19 de março e 31 de julho de 2020, competindo ao município aportar R$ 39,3 milhões. Os recursos aportados pela prefeitura serão revertidos em créditos, destinados ao cartão TRI Social, e, após utilizada esta quantia, o benefício será suspenso.
A entrega do Cartão TRI será feita pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Esporte, Empresa Pública de Transporte e Circulação de Porto Alegre (EPTC) e Fundação de Assistência Social e Cidadania (Fasc), a partir desta terça, e seguirá os protocolos em cuidados de saúde previstos em função da pandemia. O usuário deverá levar documento com foto para a retirada d cartão.
Locais de entrega do Cartão TRI
Centro Vida - Av. Baltazar de Oliveira Garcia, 2.132, bairro Sarandi
Instituto Calábria - Rua Mississipi, 130, bairro Restinga
Demhab - Av Princesa Isabel, 1115 - bairro Santana
Comentários CORRIGIR TEXTO