Porto Alegre, sábado, 07 de novembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 07 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Energia elétrica

- Publicada em 16h16min, 07/11/2020. Atualizada em 16h19min, 07/11/2020.

Até o momento 62% da energia já foi restabelecida no Amapá, diz Bolsonaro

Geradores de emergência chegaram ao Amapá no final da noite desta sexta (6)

Geradores de emergência chegaram ao Amapá no final da noite desta sexta (6)


Secom Presidência da República/Divulgação/JC
O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste sábado (7) que 62% do fornecimento de energia elétrica já foi restabelecido no Amapá. Ele atualizou o porcentual em uma publicação no Facebook para citar o envio pela Marinha ao Estado de três navios e uma aeronave com alimentos combustível e água. A população do Amapá enfrenta os reflexos da falta de luz há cinco dias.
O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste sábado (7) que 62% do fornecimento de energia elétrica já foi restabelecido no Amapá. Ele atualizou o porcentual em uma publicação no Facebook para citar o envio pela Marinha ao Estado de três navios e uma aeronave com alimentos combustível e água. A população do Amapá enfrenta os reflexos da falta de luz há cinco dias.
Mais cedo, o Ministério de Minas e Energia informou que Macapá voltou a receber energia elétrica após ter sido reconectada ao Sistema Interligado Nacional (SIN) durante a madrugada. De acordo com a pasta, a religação do fornecimento de eletricidade está sendo feita de forma escalonada. O atendimento aos bairros ocorre em regime de racionamento.
A Marinha do Brasil informou, também neste sábado, que mobilizou três navios, uma aeronave e 40 fuzileiros navais para apoiar ações no Amapá para amenizar os impactos da falta de energia no Estado. Diversas regiões enfrentam desabastecimento de itens básicos, como água potável.
Um incêndio na subestação Macapá ocorrido na noite de terça-feira (3) levou ao desligamento automático da linha de transmissão Laranjal/Macapá e das usinas hidrelétricas de Coaracy Nunes e Ferreira Gomes. O fogo tomou conta da subestação e interrompeu cerca de 250 MW de carga elétrica. Ao todo, 14 dos 16 municípios do Estado ficaram sem energia.
Comentários CORRIGIR TEXTO