Porto Alegre, sexta-feira, 06 de novembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 06 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

DISTANCIAMENTO CONTROLADO

- Publicada em 18h38min, 06/11/2020. Atualizada em 18h47min, 06/11/2020.

Rio Grande do Sul tem três regiões em bandeira vermelha no mapa preliminar da semana

Mesmo com piora nos indicadores da macrorregião Missioneira, RS manteve estabilidade no cenário geral

Mesmo com piora nos indicadores da macrorregião Missioneira, RS manteve estabilidade no cenário geral


JOYCE ROCHA/JC
Três regiões gaúchas apresentaram piora nos indicadores da pandemia e retornaram para a bandeira vermelha na nova semana do distanciamento controlado: Cruz Alta, Ijuí e Santo Ângelo. No mapa preliminar divulgado nesta sexta-feira (6), outras 16 regiões mantiveram a classificação laranja, incluindo Porto Alegre, e Bagé e Erechim evoluíram para a bandeira amarela.
Três regiões gaúchas apresentaram piora nos indicadores da pandemia e retornaram para a bandeira vermelha na nova semana do distanciamento controlado: Cruz Alta, Ijuí e Santo Ângelo. No mapa preliminar divulgado nesta sexta-feira (6), outras 16 regiões mantiveram a classificação laranja, incluindo Porto Alegre, e Bagé e Erechim evoluíram para a bandeira amarela.
Segundo o Palácio Piratini, a macrorregião Missioneira, que integra as três áreas em vermelho, obteve aumento geral na ocupação de leitos clínicos por Covid-19, chegando a 99 hospitalizações na quinta-feira (5), o maior patamar dos últimos 30 dias. Além disso, 40 novas internações em UTI foram registradas, e Santo Ângelo, Ijuí e Cruz Alta obtiveram salto em internações e leitos clínicos. Nas demais áreas do Estado, no entanto, foi mantida a estabilidade dos indicadores.
Das 21 regiões Covid, apenas Uruguaiana, Bagé e Guaíba não aderiram à cogestão do distanciamento controlado, o que permite a 18 áreas adotarem protocolos alternativos às bandeiras definidas, mediante envio de protocolos próprios. Prefeituras também poderão solicitar reconsideração à classificação de risco até as 6h de domingo (8).
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/png/2020/11/06/206x137/1_mapa-9183418.png', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5fa5bc013772e', 'cd_midia':9183418, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/png/2020/11/06/mapa-9183418.png', 'ds_midia': 'mapa distanciamento controlado RS', 'ds_midia_credi': 'REPRODUÇÃO/JC', 'ds_midia_titlo': 'mapa distanciamento controlado RS', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '611', 'cd_midia_h': '491', 'align': 'Left'}
Mapa preliminar tem 401 municípios,  90% do RS, classificados com bandeira laranja, de risco médio
Na segunda-feira (9), o governo gaúcho divulga o mapa definitivo da semana, que passará a valer a partir da 0h de terça-feira (10).
Nesta 27ª rodada do distanciamento controlado, que chega ao sexto mês de vigência, 57 municípios estão classificados em bandeira vermelha, somando 681.771 habitantes, 6% da população gaúcha. Desses, 29 cidades podem adotar protocolos de bandeira laranja, por cumprirem critérios da Regra 0-0, sem óbitos ou hospitalização de moradores nos últimos 14 dias.
Do total de 401 municípios em bandeira laranja (90,2% da população), 219 podem adotar protocolos de bandeira amarela. A classificação de risco baixo (amarela) atinge 39 cidades gaúchas.
RESUMO DA 27ª RODADA
Regiões que apresentaram piora (3):
LARANJA > VERMELHA
Cruz Alta (em cogestão)
Ijuí (em cogestão)
Santo Ângelo (em cogestão)
Regiões que permaneceram iguais (16):
BANDEIRA LARANJA
Cachoeira do Sul (em cogestão)
Canoas (em cogestão)
Capão da Canoa (em cogestão)
Caxias do Sul (em cogestão)
Guaíba
Lajeado (em cogestão)
Novo Hamburgo (em cogestão)
Passo Fundo (em cogestão)
Palmeira das Missões (em cogestão)
Pelotas (em cogestão)
Porto Alegre (em cogestão)
Santa Cruz do Sul (em cogestão)
Santa Maria (em cogestão)
Santa Rosa (em cogestão)
Taquara (em cogestão)
Uruguaiana (em cogestão)
Regiões que apresentaram melhora (2)
LARANJA > AMARELA
Bagé
Erechim
Comentários CORRIGIR TEXTO