Porto Alegre, terça-feira, 03 de novembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 03 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

EDUCAÇÃO

- Publicada em 19h59min, 03/11/2020.

Porto Alegre confirma 30 casos de Covid-19 no monitoramento semanal das escolas

Segundo o boletim municipal, 262 escolas reportaram testagem de funcionários, alunos e  professores

Segundo o boletim municipal, 262 escolas reportaram testagem de funcionários, alunos e professores


Alex Rocha/PMPA/JC
De acordo com o monitoramento semanal dos casos de Covid-19 em escolas de Porto Alegre, divulgado nesta terça-feira (3) pela prefeitura da Capital, foram identificados 30 pacientes positivo na rede escolar. Desse total, 16 são professores, oito alunos e sete funcionários. Segundo o boletim municipal, 262 instituições de ensino preencheram o formulário e reportaram a testagem de 209 funcionários, 177 alunos e 135 professores.
De acordo com o monitoramento semanal dos casos de Covid-19 em escolas de Porto Alegre, divulgado nesta terça-feira (3) pela prefeitura da Capital, foram identificados 30 pacientes positivo na rede escolar. Desse total, 16 são professores, oito alunos e sete funcionários. Segundo o boletim municipal, 262 instituições de ensino preencheram o formulário e reportaram a testagem de 209 funcionários, 177 alunos e 135 professores.
Desses 341 testes tiveram resultado negativo, 85 seguem em investigação e houve 65 recusas a fazer a coleta, quando a escola não tem autorização formal dos responsáveis para coletar no local. Nesses casos, a mesma pode ser feita em qualquer posto da rede municipal ou os alunos ficam afastados pelo período de dez dias.
O boletim mostra ainda que 10.479 alunos, 2.214 professores e 2.605 funcionários estão em atividades presenciais. As informações são de responsabilidade das secretarias municipais de Saúde (SMS) e de Educação (Smed), com base em formulário preenchido semanalmente pelas instituições de ensino, no monitoramento das equipes da saúde a partir da Central de Monitoramento das Escolas e da Vigilância Epidemiológica, além de bancos de dados do sistema de notificações.
Segundo a prefeitura, os casos suspeitos são encaminhados para testagem e, se positivos, o exame é estendido a todos com quem tiveram contato. A notificação é obrigatória para a investigação de eventuais surtos. O formulário de monitoramento com dados da semana anterior, a medição de temperatura, o questionamento a respeito de sintomas e a identificação precoce de possíveis casos sintomáticos também estão entre os protocolos adotados.
Comentários CORRIGIR TEXTO