Porto Alegre, segunda-feira, 12 de outubro de 2020.
Dia da Criança. Feriado - Nossa Senhora Aparecida. Feriado nos EUA: Columbus Day.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 12 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Saúde

- Publicada em 14h30min, 12/10/2020. Atualizada em 14h52min, 12/10/2020.

Funcionários do Imesf projetam greve a partir de quarta em Porto Alegre

Trabalhadores planejam começar a semana de mobilização em ato que sairá do Posto Modelo

Trabalhadores planejam começar a semana de mobilização em ato que sairá do Posto Modelo


JOYCE ROCHA/JC
Os funcionários que ainda têm vínculo com o Instituto Municipal de Estratégia de Saúde da Família (Imesf) decidiram fazer greve entre quarta-feira (14) e sexta-feira (16). A paralisação aprovada em votação virtual na semana passada busca elevar a pressão para que o Tribunal de Justiça do Estado (TJ-RS) analise recurso contra a extinção do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), que impedia a terceirização dos serviços da atenção básica em saúde em Porto Alegre. 
Os funcionários que ainda têm vínculo com o Instituto Municipal de Estratégia de Saúde da Família (Imesf) decidiram fazer greve entre quarta-feira (14) e sexta-feira (16). A paralisação aprovada em votação virtual na semana passada busca elevar a pressão para que o Tribunal de Justiça do Estado (TJ-RS) analise recurso contra a extinção do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), que impedia a terceirização dos serviços da atenção básica em saúde em Porto Alegre. 
Segundo o Sindisaúde-RS, antes da greve, vai ocorrer haverá um ato em frente ao Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT-4) nesta terça-feira (13), a partir das 17h. Mesmo que haja decisão da Justiça Estadual que recolocou a questão do TAC na esfera estadual, a categoria quer ação da Justiça do Trabalho. Já houve protesto em frente ao Ministério Público do Trabalha (MPT)
O sindicato diz que foram 291 votos no total, com 220 favoráveis à greve.
Na quarta-feira, já está marcada uma caminhada que sairá do Posto Modelo até a prefeitura, no Centro Histórico. No posto, funcionários do Imesf atuam na área de casos ligados à pandemia. 
No segundo dia, ocorre concentração na prefeitura, com caminhada até a Câmara de Vereadores. A intenção é chamar a atenção para as demissões em andamento devido ao fechamento do Imesf, devido ao julgamento do STF que considerou inconstitucional a criação do instituto.
Comentários CORRIGIR TEXTO