Porto Alegre, segunda-feira, 05 de outubro de 2020.
Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa. Feriado nos estados do Amapá, Roraima e Tocantins.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 05 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Educação

- Publicada em 11h02min, 05/10/2020. Atualizada em 12h07min, 05/10/2020.

Maioria das escolas privadas de Porto Alegre não retornou às aulas presenciais

Colégio Farroupilha foi um dos poucos que retornaram nesta segunda-feira

Colégio Farroupilha foi um dos poucos que retornaram nesta segunda-feira


LUIZA PRADO/JC
Juliano Tatsch
A prefeitura de Porto Alegre e o governo do Estado autorizaram o retorno das aulas presenciais na cidade a partir desta segunda-feira (5) na Educação Infantil, 3º ano do Ensino Médio, Ensino Profissionalizante e Educação de Jovens e Adultos (EJA). Para tanto, as escolas precisam seguir uma série de protocolos de segurança sanitária. Entretanto, a maioria das escolas privadas da Capital decidiu não reabrir ainda as portas para receber os alunos.
A prefeitura de Porto Alegre e o governo do Estado autorizaram o retorno das aulas presenciais na cidade a partir desta segunda-feira (5) na Educação Infantil, 3º ano do Ensino Médio, Ensino Profissionalizante e Educação de Jovens e Adultos (EJA). Para tanto, as escolas precisam seguir uma série de protocolos de segurança sanitária. Entretanto, a maioria das escolas privadas da Capital decidiu não reabrir ainda as portas para receber os alunos.
Conforme levantamento preliminar do Sindicato do Ensino Privado do Rio Grande do Sul (Sinepe-RS), apenas duas escolas retomaram o ensino presencial nesta segunda-feira: o Colégio Farroupilha e a Escola Crescer.
Grandes escolas como o Colégio Anchieta, o Colégio Israelita e o Colégio Bom Conselho não retornaram, preferindo receber os estudantes a partir do dia 19 de outubro. Já o Colégio João XXIII deverá retornar o Ensino Médio somente no início de novembro, com os demais níveis retornando na semana seguinte. Na rede Marista, as aulas em sala também só voltam no dia 19 de outubro.
Entre as escolas municipais, a reabertura é obrigatória. No entanto, alguns colégios não receberam os alunos, alegando problemas estruturais ou até falta de EPIs, como é o caso da Escola Municipal de Ensino Fundamental Timbaúva, localizada no bairro Mario Quintana.
A Secretaria Municipal de Educação (Smed) pretende divulgar um balanço a respeito da reabertura das escolas públicas municipais nesta na tarde desta segunda-feira. Conforme a Smed, todas as instituições que não reabrirem a partir de hoje terão de justificar a decisão para a secretaria. Não estão definidas sanções que podem ser adotadas para diretores ou escolas que não voltarem às atividades presenciais.

Confira o calendário de volta às aulas em Porto Alegre

  • 28 de setembro - alimentação de Educação Infantil, atividades de apoio e adaptação.
  • 5 de outubro - retorno educação infantil, terceiro ano do Ensino Médio, educação profissional e Educação de Jovens e Adultos (EJA)
  • 13 de outubro - alimentação em todas as outras escolas, atividades de apoio (fundamental, médio e especial)
  • 19 de outubro - retorno do Ensino Fundamental 1, especial e EJA (ensino municipal)
  • 3 de novembro - retorno do Ensino Fundamental 2, especial e restante do Ensino Médio
Comentários CORRIGIR TEXTO