Porto Alegre, quarta-feira, 23 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 23 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

SOLIDARIEDADE

- Publicada em 18h12min, 23/09/2020.

Asilo Padre Cacique faz apelo por doações para cobrir despesas mensais

Asilo Padre Cacique, um dos mais antigos da Capital, busca doações para manter atividades

Asilo Padre Cacique, um dos mais antigos da Capital, busca doações para manter atividades


ASILO PADRE CACIQUE/DIVULGAÇÃO/JC
Para seguir honrando com as despesas fixas e compra de medicamentos, oxigênio e alimentos, o Asilo Padre Cacique busca sensibilizar empresários e população em geral da necessidade de colaborarem com doações para a instituição. Um dos mais antigos lares para idosos de Porto Alegre, o local passa por dificuldades financeiras e depende exclusivamente da ajuda da sociedade para manter suas atividades.
Para seguir honrando com as despesas fixas e compra de medicamentos, oxigênio e alimentos, o Asilo Padre Cacique busca sensibilizar empresários e população em geral da necessidade de colaborarem com doações para a instituição. Um dos mais antigos lares para idosos de Porto Alegre, o local passa por dificuldades financeiras e depende exclusivamente da ajuda da sociedade para manter suas atividades.
Segundo o presidente do Asilo, Edson Brozoza, o cenário contábil preocupa e foi agravado durante a pandemia. “A situação financeira já vinha sendo motivo de preocupação, uma vez que dependemos exclusivamente de doações. Porém, com a pandemia houve uma redução de aportes, o que vem nos preocupando muito. Contamos com a sensibilização da população e de empresários que possam ajudar a manter a excelência que sempre tivemos no atendimento a nossos moradores”, afirmou.
Somente no mês de agosto, a instituição teve gastos de mais de R$ 588 mil com a manutenção da casa, mas conseguiu arrecadar apenas cerca de R$ 48 mil entre os idosos residentes.
Comentários CORRIGIR TEXTO