Porto Alegre, quarta-feira, 23 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 23 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

ENSINO SUPERIOR

- Publicada em 08h40min, 16/09/2020. Atualizada em 16h05min, 16/09/2020.

Bolsonaro nomeia Carlos Bulhões como reitor da Ufrgs

Escolhido por Bolsonaro, Bulhões, professor da Engenharia, foi terceiro colocado na eleição da Ufrgs

Escolhido por Bolsonaro, Bulhões, professor da Engenharia, foi terceiro colocado na eleição da Ufrgs


DIVULGAÇÃO UFRGS/JC
A nomeação do professor Carlos André Bulhões para o cargo de reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) foi publicada na edição do Diário Oficial da União desta quarta-feira (16). Assinada pelo presidente Jair Bolsonaro, a confirmação do docente, terceiro colocado na eleição interna, foi feita via decreto da Educação com data de terça-feira (15). A nomeação tem validade a partir da próxima segunda-feira (21) e Bulhões cumprirá mandato de quatro anos.
A nomeação do professor Carlos André Bulhões para o cargo de reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) foi publicada na edição do Diário Oficial da União desta quarta-feira (16). Assinada pelo presidente Jair Bolsonaro, a confirmação do docente, terceiro colocado na eleição interna, foi feita via decreto da Educação com data de terça-feira (15). A nomeação tem validade a partir da próxima segunda-feira (21) e Bulhões cumprirá mandato de quatro anos.
Na semana passada, o deputado federal Bibo Nunes (PSL-RS) havia afirmado que Bulhões seria o escolhido de Bolsonaro para ocupar o cargo. A chapa do novo reitor, que tem a professora Patrícia Pranke como vice-reitora, ficou em terceiro lugar na consulta interna da universidade, realizada em julho. O processo eleitoral foi vencido pela atual gestão, comandada pelo reitor Rui Oppermann e pela vice-reitora Jane Tutikian. Em segundo lugar venceu a chapa de Karla Maria Müller (reitora) e Claudia Wasserman (vice).
Apesar da lista tríplice com o resultado do processo eleitoral interno ser encaminhada pela universidade ao Ministério da Educação (MEC), a decisão do presidente da República é soberana. No final de agosto, diante da possibilidade da nomeação de Bulhões, alunos e comunidade acadêmica da Ufrgs chegaram a organizar um protesto contra a decisão, já que Bulhões foi o terceiro colocado na consulta interna. Bulhões representa oposição ao grupo que está à frente do comando da Ufrgs. 
Natural de Alagoas, Bulhões é professor titular da Engenharia há 36 anos, atuando nas áreas de métodos de gestão de recursos hídricos, recursos renováveis, recursos energéticos, meio ambiente e infraestrutura.
 
Comentários CORRIGIR TEXTO