Porto Alegre, terça-feira, 06 de outubro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 06 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Infraestrutura

- Publicada em 13h08min, 31/08/2020. Atualizada em 12h38min, 06/10/2020.

Prefeitura de Porto Alegre retoma obra da Copa do Mundo de 2014

Ligação na Terceira Perimetral foi fechada em abril para retomada de finalizações da obra

Ligação na Terceira Perimetral foi fechada em abril para retomada de finalizações da obra


ASSIS ARROJO/PMPA/DIVULGAÇÃO/JC
Uma obra da lista das que foram prometidas e projetadas para ficarem prontas para a Copa do Mundo de 2014, há seis anos, está sendo retomada na zona norte de Porto Alegre. Trata-se da duplicação e prolongamento da avenida Severo Dullius, que passa em frente ao Aeroporto de Porto Alegre e vai garantir uma importante alternativa de escoamento do trânsito na região.
Uma obra da lista das que foram prometidas e projetadas para ficarem prontas para a Copa do Mundo de 2014, há seis anos, está sendo retomada na zona norte de Porto Alegre. Trata-se da duplicação e prolongamento da avenida Severo Dullius, que passa em frente ao Aeroporto de Porto Alegre e vai garantir uma importante alternativa de escoamento do trânsito na região.
Outras obras do Mundial estão ainda em curso, como na avenida João Pessoa, na trincheira da Cristóvão Colombo e avenida Tronco.
Segundo a prefeitura, as obras foram retomadas nesta segunda-feira (31). Segundo a Secretaria de Obras, a primeira atividade foi de limpeza de lixo espalhado nos 900 metros já pavimentados. A ordem de reinício dos trabalhos foi autorizada na quinta-feira passada (26).
O prazo de conclusão da intervenção agora é agosto de 2021. Quase 60% dos serviços para duplicação e prolongamento foi concluído, diz a gestão municipal. 
A Severo vai ser ligação até a avenida Sertório, entre a BR-116 e a avenida Assis Brasil. 
Uma das primeiras medidas será verificar eventuais danos na área já executada, "oriundos de queima do lixo, depredação ou roubo", diz a secretaria. Serviços de terraplanagem, drenagem e pavimentação ocorrem no entroncamento entre a Severo Dullius e a rua Sérgio Dietrich e em trecho próximo à rua Dona Alzira.
Um dos itens ainda pendentes é o desvio do canal Passo da Mangueira, entre a Dona Alzira e a Severo Dullius. Estudos estavam tendo apoio da Fraport Brasil, concessionária do aeroporto. Este ano, diz a secretaria, terá início a recuperação do canal do Arroio Areia, com implantação de duas passagens sobre o canal.
A obra passou por diversas suspensões, devido à paralisação pela empresa e falta de recursos financeiros, explica a prefeitura. Os primeiros trabalhos são de 2013, com um trecho de terraplanagem. 
A prefeitura vinha negociando com a Caixa Econômica Federal, que é a gestora dos repasses dos recursos de financiamento, para assegurar o aporte. O banco chegou a suspender repasses devido à demora em fevereiro, justamente quando a administração municipal pretendia retomar os trabalhos.
O grupo de diversas secretarias mapeou as dificuldades e pendências para conseguir manter o financiamento. Segundo nota, "em julho deste ano, a prefeitura obteve decisão revertendo o fim do contrato de financiamento. O pedido de reconsideração foi avaliado pela Caixa Econômica Federal e pela Secretaria Nacional de Mobilidade e Desenvolvimento Regional e Urbano, do Ministério do Desenvolvimento Regional".
Em fevereiro, os números financeiros da obra ,indicavam que haviam sido gastos R$ 62,4 milhões dos R$ 98 milhões orçados, boa parte cobertos por recursos vinculados ao FGTS e ao Programa de Financiamento das Contrapartidas do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). 

Como estão outras obras o herdadas da Copa de 2014

Da lista de 10 projetos, que tinham ainda corredores de ônibus, pelos menos quatro obras que ainda faltam ser concluídas do pacote contratado pela prefeitura de Porto Alegre e que eram predestinadas para a Copa do Mundo de 2014. A conclusão vai de execução ainda de trechos a detalhes de finalização. 
A da Severo Dullius é uma. Também há lotes da duplicação da avenida Tronco, na zona sul em andamento ou faltando ser retomados. Dos corredores viários, o trecho da João Pessoa próximo ao Centro, último que não havia sido feito, está em andamento, com obras que tiveram início em fim de julho. Também há finalizações ou ajustes nas trincheiras da avenida Cristóvão Colombo.     
Já uma das execuções ficará só no projeto. A prefeitura abriu mão da construção da trincheira na avenida Plínio Brasil Milano. A ligação enfrentou atrasos gerados pela liberação de terrenos no entrono, que teve pendência judicial até este ano e também há questionamentos sobre a execução, devido ao tipo de formação de rocha da região e impacto no custo da obra.
Comentários CORRIGIR TEXTO