Porto Alegre, quinta-feira, 24 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 24 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Saúde

- Publicada em 15h00min, 26/08/2020. Atualizada em 17h07min, 26/08/2020.

Papa Francisco doa respiradores para hospital da Pucrs para 'salvar e curar vidas'

Vaticano destacou que o gesto do Papa Francisco busca 'salvar e curar muitas vidas' no Brasil

Vaticano destacou que o gesto do Papa Francisco busca 'salvar e curar muitas vidas' no Brasil


VATICANO MEDIA/AFP/JC
Em meio à pandemia no Rio Grande do Sul, uma ajuda vem de longe e com a bênção do Papa Francisco. O Hospital São Lucas (HSL) da Pucrs vai receber a doação de respiradores do Vaticano para uso nos cuidados de pacientes com Covid-19, informou a universidade nesta quarta-feira (26). A área de pesquisa do HSL está fazendo testes de uma das vacinas em estudo para a Covid-19.
Em meio à pandemia no Rio Grande do Sul, uma ajuda vem de longe e com a bênção do Papa Francisco. O Hospital São Lucas (HSL) da Pucrs vai receber a doação de respiradores do Vaticano para uso nos cuidados de pacientes com Covid-19, informou a universidade nesta quarta-feira (26). A área de pesquisa do HSL está fazendo testes de uma das vacinas em estudo para a Covid-19.
A previsão, segundo nota da Pucrs, é que um representante do papa entregue os equipamentos em visita,  nesta quinta-feira (27), ao complexo hospitalar em Porto Alegre, formalizando a doação. São quatro respiradores e um aparelho de ultrassom para captar imagens de tecidos ou fluxos sanguíneos, explicou a instituição.
Os equipamentos serão direcionados para a UTI que acolhe exclusivamente os pacientes com Covid-19. O HSL tem 46 leitos de UTI exclusivos e 104 na enfermaria para infectados com o novo coronavírus.
O reitor da Pucrs, irmão Evilázio Teixeira, disse que o apoio da Igreja católica é fundamental na assistência. "É uma honra estar entre os hospitais escolhidos pelo Vaticano”, valorizou o diretor-geral do hospital, Leandro Firme.
Em nota, o Vaticano declarou que a ação do papa Francisco "busca encontrar os meios necessários para salvar e curar muitas vidas humanas". 
Comentários CORRIGIR TEXTO