Porto Alegre, quinta-feira, 24 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 24 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

RELAÇÕES EXTERIORES

- Publicada em 18h47min, 20/08/2020. Atualizada em 18h49min, 20/08/2020.

Ampliação de acordo sanitário entre Brasil e Uruguai é abordado em reunião virtual

Acordo bilateral tem beneficiado cidades fronteiriças com ações de combate ao coronavírus

Acordo bilateral tem beneficiado cidades fronteiriças com ações de combate ao coronavírus


JOÃO MATTOS/JC
A ampliação do acordo sanitário entre Brasil e Uruguai foi tema de videoconferência realizada nesta quarta-feira (20) entre autoridades e parlamentares dos dois países. O acordo prevê a ampliação de ações envolvendo os planos sanitário e epidemiológico nos municípios de fronteira e já garantiu a doação de 50 mil testes biológicos para detecção da Covid-19 (RT-PCR) nas cidades do Rio Grande do Sul com ligação ao país vizinho.
A ampliação do acordo sanitário entre Brasil e Uruguai foi tema de videoconferência realizada nesta quarta-feira (20) entre autoridades e parlamentares dos dois países. O acordo prevê a ampliação de ações envolvendo os planos sanitário e epidemiológico nos municípios de fronteira e já garantiu a doação de 50 mil testes biológicos para detecção da Covid-19 (RT-PCR) nas cidades do Rio Grande do Sul com ligação ao país vizinho.
O plano apresentado reiterou a disposição dos dois países em seguir a parceria no combate ao coronavírus. “A doença não reconhece fronteiras estabelecidas em papel e a vida das pessoas praticamente na mesma cidade com interações diárias nas rotinas, tampouco reconhece essa divisão. Temos a responsabilidade coletiva de enfrentarmos e vencermos a situação, melhorando a eficácia do controle do coronavírus na fronteira”, afirmou o deputado Frederico Antunes, presidente da Comissão do Mercosul da Assembleia Legislativa.
Na reunião, o diretor de Assuntos Internacionais do Ministério da Saúde do Brasil, Flavio Werneck, anunciou que o País doará 50 mil testes RT-PCR ao Uruguai para auxiliar no diagnóstico da Covid-19 na fronteira entre o Rio Grande do Sul e o país vizinho. Também foram ajustados critérios específicos para as cidades uruguaias de Artigas e Bella Union e as gaúchas Quaraí e Barra do Quaraí. A medida segue o modelo já adotado na fronteira entre a uruguaia Rivera e a gaúcha Santana do Livramento.
Na próxima quarta-feira (26), será assinada a ampliação do acordo, beneficiando mais quatro cidades dos dois países. O planejamento de enfrentamento bilateral ao coronavírus começou no final do mês de maio. Também participaram do encontro virtual o embaixador do Brasil no Uruguai, Antônio Simões; a secretária de Relações Federativas e Internacionais do RS, Ana Amélia Lemos; o diretor da Secretaria Estadual da Saúde do, Bruno Naundorf, além de representantes dos ministérios da Saúde Pública e de Relações Exteriores do Uruguai e dos municípios de Quaraí e Barra do Quaraí, no Brasil, e Artigas e Bella Unión, no Uruguai.
Comentários CORRIGIR TEXTO