Porto Alegre, quinta-feira, 24 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 24 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Mobiliário urbano

- Publicada em 12h24min, 13/08/2020. Atualizada em 14h59min, 13/08/2020.

Porto Alegre inicia implantação de relógios eletrônicos digitais com WiFi gratuito

Prefeito Nelson Marchezan dá início na operação do primeiro relógio digital de rua em Porto Alegre. Na Loureiro da Silva, em frente à Praça do Aeromóvel.

Prefeito Nelson Marchezan dá início na operação do primeiro relógio digital de rua em Porto Alegre. Na Loureiro da Silva, em frente à Praça do Aeromóvel.


LUIZA PRADO/JC
Roberta Mello
O primeiro de mais de 160 relógios eletrônicos digitais previstos para serem instalados na Capital começou a funcionar nesta quinta-feira (13) de manhã. Além de ver as horas e a temperatura, os porto-alegrenses vão poder se conectar gratuitamente à internet pelo WiFi quando estiverem próximos ao local e acompanhar mensagens com notícias e até mesmo alertas sobre o trânsito e eventos climáticos, ambos gerenciados pela prefeitura.
O primeiro de mais de 160 relógios eletrônicos digitais previstos para serem instalados na Capital começou a funcionar nesta quinta-feira (13) de manhã. Além de ver as horas e a temperatura, os porto-alegrenses vão poder se conectar gratuitamente à internet pelo WiFi quando estiverem próximos ao local e acompanhar mensagens com notícias e até mesmo alertas sobre o trânsito e eventos climáticos, ambos gerenciados pela prefeitura.
A modernização dos tradicionais relógios de rua é fruto de uma parceria público-privada (PPP) entre a prefeitura municipal e a empresa Clear Channel. O edital foi lançado ainda no ano passado e a empresa recebeu a autorização para começar a operar em janeiro deste ano.
Ao todo, 168 relógios devem ser instalados até janeiro de 2022. Pelo menos 15 deles devem estar funcionando até o final de setembro e 30 até o final do ano, de acordo com o contrato firmado. Em troca, a prefeitura autorizou que a empresa veicule conteúdos publicitários no painel luminoso acima do horário durante os próximos 20 anos.
É previsto um investimento total de R$ 81,7 milhões durante todo o período de concessão - tanto para a implementação quanto para a manutenção do mobiliário urbano. Deste valor, R$ 11,5 milhões devem ser destinados à implantação dos novos relógios em pontos de toda cidade.
O secretário municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, Marcelo Gazen, que acompanhou a vistoria, diz que os modelos adotados em Porto Alegre estão entre os mais modernos atualmente e têm o maior número de recursos embarcados em todo o Brasil. Além dos serviços disponibilizados para a população, os relógios contam com câmera de monitoramento conectada ao centro integrado da segurança pública - ajudando no acompanhamento de movimentações suspeitas nos locais.
O prefeito Nelson Marchezan Júnior também participou da inauguração do novo relógio. 
Comentários CORRIGIR TEXTO